Olhar Conceito

Quarta-feira, 21 de outubro de 2020

Colunas

Dewis Caldas estreia a coluna musical Mé Coado

Autor: Dewis Caldas

25 Abr 2013 - 16:15

Aee juventude. Marânhas falando aqui do Olhar Conceito, agradeço aqui o convite. Apresento a vocês a coluna Mé Coado, que vai falar da música cuiabana que rola na atualidade. Antes que você pergunte vou explicar o nome: “mé coado”. Era a orquestra que o mestre José Agnello organizou em 1926, em Cuiabá. Queria apresentar para a elite e para os governantes o rasqueado e incluí-lo nos eventos do Governo. Isso na época em que o rasqueado era considerado “música de bugre e de índio” e não foi fácil. Longe de ser tão genial como Agnello, esta coluna veio pra falar – com disse – de música local. Então todas as quinta-feiras vou apresentar um apanhando de coisas que estão acontecendo. E um pouco mais. Quero sugestões de pautas de vocês dewiscaldas@gmail.com

Maio n’ Roll confirma Pacu Atômico

  

O festival que vai trazer Dead Fish para Cuiabá no final de maio deixou o Mé Coado dar a notícia em primeira mão. A banda que foi um dos símbolos da musica cuiabana nos anos 90 está com nova formação e foi escalada para o Maio n’ Roll, que já confirmou a bandas Rhox, Fuzzly e Skarros. Outro evento da Pança de Mamute Produçõesx, a mesma que trouxe o Velhas Virgens em março. A banda Pacu Atômico juntava o nosso jeito de tocar viola com batidas indígenas, incluindo inclusive nas letras alguns dialetos indígenas. Nas apresentações utilizavam o mocho (que é usado no siriri e cururu) e o "pacu-bambu", um instrumento artesanal inventado por eles feito a partir de uma armação de ferro. O primeiro disco, Ciência (2000), foi lançado oficialmente apenas em Portugal e foi lá, inclusive, que a banda se desfez, por conta das brigas e desentendimentos. É uma grande oportunidade para ver esta banda emblemática.

Quase fim do Macaco Bong

E também esta semana tivemos a notícia da saído do baterista Ynaiã Benthroldo da banda Macaco Bong e também do guitarrista Daniel Piquê, que havia entrado no lugar do baixista Ney Hugo. Muita gente achou que oo projeto havia acabado mas o guitarrista Bruno Kayapy já anunciou a direção da nova fase da banda. Bruno postou: “ a nova fase da banda daqui em diante passa a se reciclar apostando no experimentalismo de como uma banda formada por uma rede de colaboradores montada pela própria banda. o que ampliará o processo de inclusão e formação de novos agentes e músicos para buscar suas causas,tudo vem sendo construído a base de troca, se não fosse isso o Macaco Bong não chegaria a onde chegou assim como a Rede Fde e muitas outras redes hoje espalhadas pelo mundo. o mundo hoje é o da #Remistura... Skrotes é a primeira banda a fazer parte da rede de músicos do Macaco Bong a atual fonte de formação da banda... O repertório do show promete músicas inéditas, além de versões intérpretes e o principal, muito rock instrumental regado a músicas do Macaco Bong remixadas com as músicas dos Skrotes que também receberá aquele sotaque da guitarra do Kayapy em suas músicas e vice-versa....”



Então resolvido. É uma pena a notícia. Em quase dez anos a banda se tornou uma grande referência na musica instrumental no Brasil e representou Cuiabá também na Europa e pelo resto da América do Sul. Agora é esperar o projeto passar por Cuiabá!

Monocromatas viajaaaando



O quinteto acabou de se apresentar em Brasília, representando Mato Grosso no primeiro festival do Movimento HotSpot, que é prêmio de inovação e criatividade, entra ai no site. E muitos foram os elogios para a apresentação. Em quase dois anos de formação, a cada show que vejo melhora um detalhe, e a prova disso foi o cuidado com o primeiro disco, se não ouviu baixa aqui http://www.monocromatas.com.br/p/downloads.html

Bem Diholex na Chapada dos Guimarães

A galera do Diholex ganhou um concurso cultural da Papelaria Grafitte, uma ótima ideia da Agência Mercatto e com a marca de qualidade da Môlera Filmes, que está aloprando - no bom sentido. O clipe ficou sensacional. Dá uma sacada aqui.

As Lynhas de Montagem foram reativadas



Outra banda lendária que está na ativa é a Lynhas de Montagem, que faz rock por aqui desde o final dos anos 80. Ainda não pude ver o show desta nova formação, que permanece com os irmãos Marcio e Marcos Campos, que são os fundadores da banda. Sexta feira tem shows deles no Cavernas Bar junto com Branco ou Tinto, Esmalthes e Rhox.

Ouvindo Serramadre



Outra banda que acabou de disponibilizar o Ep foi o Serramadre. Não deixe de ouvir https://soundcloud.com/serramadre/sets/serramadre-ep

*Dewis Caldas é jornalista, músico e pesquisador musical



Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet