Olhar Conceito

Quinta-feira, 26 de novembro de 2020

Notícias / Artes Cênicas

‘Sob nova direção’, Cine Teatro deve voltar a ser cinema de rua e se tornar escola livre de artes

Da Redação - Isabela Mercuri

29 Abr 2016 - 10:30

Foto: Reprodução

‘Sob nova direção’, Cine Teatro deve voltar a ser cinema de rua e se tornar escola livre de artes
A Associação Cultural Cena Onze foi selecionada nesta semana para administrar o Cine Teatro Cuiabá com uma proposta inovadora. Prometendo a revitalização do espaço, a Cia pretende ofertar atividades culturais e educativas de terça a domingo, todas as semanas.

Leia mais:
Palco Giratório 2016 tem 'ensaio de morte' de Maria Alice Vergueiro e outros 18 espetáculos

A escolha foi feita por meio do Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (lei n° 13.019/2014), que estabelece o regime jurídico para parcerias entre a administração pública e as organizações da Sociedade Civil. Foram apresentadas duas propostas, uma da Cena Onze e outra da Cia. Theatro em Cena.

A proposta vencedora, além de prever a retomada do espaço como cinema (para exibição de filmes não acessíveis no circuito comercial), também quer criar uma ‘rede’ com a SP Escola de Teatro, um dos mais importantes centros de formação nas artes do palco no Brasil. O contrato é de 5 anos, com a possibilidade de renovação, no valor de R$ 12,1 milhões. Desse montante, R$ 6,1 milhões seriam para a gestão administrativa e R$ 6 milhões para formação profissional.

A ideia é oferecer cursos profissionalizantes continuados nas áreas de dramaturgia, sonoplastia, iluminação, cenografia, figurino, produção e direção, além de cursos e oficinas de curta duração em diversas áreas.

“A proposta vencedora é muito consistente e tem à frente profissionais com grande experiência técnica e artística. O Cine Teatro irá funcionar dentro de um novo conceito, otimizando o uso do espaço e ofertando melhores serviços para a população. Ajustamos ainda o valor do subsídio para a manutenção do Teatro, adequando-o a realidade. Estamos certos que o Cine Teatro voltará a ser o grande centro cultural que todos queremos”, afirma o secretário Leandro Carvalho.

De acordo com a assessoria, a ideia é que o espaço esteja aberto à população já no segundo semestre deste ano, com uma extensa lista de atividades.

A SP Escola de Teatro, instituição com a qual se pretende fazer a rede, nasceu em 2005 com o objetivo de orientar o ensino de artes cênicas sob o prisma das sensibilidades e potencialidades artísticas, humanas, críticas e cidadãs. Seu projeto une cursos regulares, de extensão e o Programa Kairós.

Além disso, desde 2010 a escola mantém relações com profissionais estrangeiros e, em 2012, foi criado o setor de Relações Internacionais, que promove parcerias com instituições estrangeiras e organiza intercâmbios de formadores e aprendizes.

A escola também oferece cursos de Extensão Cultural gratuitos e implantados sob os mesmos preceitos pedagógicos e artísticos dos cursos regulares.

Em Cuiabá, como parte do projeto da Escola Livre de Artes, o primeiro módulo constituído será o ‘Criação Cênica Coletiva’, para capacitar profissionais de teatro por meio de um sistema que leve em conta “o modus operandi das artes cênicas no Brasil, o reconhecimento dos campos de trabalho em diversos nichos e a realidade dinâmica da modernidade”, explica a assessoria.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet