Olhar Conceito

Segunda-feira, 30 de novembro de 2020

Notícias / Artes Cênicas

Grupo Tibanaré integra Sesc Amazônia das Artes e se apresenta em estados da Amazônia Legal

Da Redação - Naiara Leonor

04 Mai 2016 - 17:03

Foto: Da Assessoria

Grupo Tibanaré integra Sesc Amazônia das Artes e se apresenta em estados da Amazônia Legal
Dez anos levando arte de Mato Grosso ao público trouxeram o grupo ‘Tibanaré’ a este momento de expansão de sua plateia. A convite do Sesc/MT, o grupo realiza novamente uma circulação nacional, desta vez com o espetáculo ‘Fiu Fiu – Um encontro entre pássaros’, integrando a programação do projeto Sesc Amazônia das Artes 2016, que promove uma rede de intercâmbio das artes nos Estados que integram a Amazônia Legal.

Leia mais:

- Primeira feira do livro de Chapada acontece na Praça Dom Wunibaldo ainda este mês
 
- Mais de 30 artesãos expõe no Vem pra Arena neste sábado e domingo

Com início neste mês de maio, o grupo aporta em Palmas (TO) já no próximo dia 05 e passará também por São Luis (MA), Rio Branco (AC), Manaus (AM), Macapá (AP), Belém (PA), Ji-Paraná (RO), Boa Vista (RR) e Teresina (PI), finalizando sua turnê no mês de agosto com apresentação no teatro do Sesc Arsenal (MT).

O "Sesc tem uma grande representatividade no Brasil e seus projetos de circulação estimulam e provocam a continuidade de grupos atuantes nos seus respectivos espaços, possibilitando a difusão do que estamos produzindo e a troca de experiências com público e artistas de outros Estados. Agradecemos a coordenação de cultura do Sesc/MT pela indicação", comenta o fundador do grupo, Jefferson Jarcem.

Ao longo de quase dez anos ininterruptos, sempre primando pela qualidade na criação dos espetáculos, a partir de uma relação intensa com o público, a produtora Fernanda Gandes explica resumidamente este resultado.

“Tentamos manter o nosso repertório de espetáculos sempre ativo e como em qualquer empreendimento, estar em atividade constante é resultado de um trabalho duro de equipe de criação e produção, que demanda planejamento, gestão e relacionamento afetivo e empático com o público e com aqueles que nos admiram. Estamos sempre dialogando e pensando em formas de sustentabilidade e de criar oportunidades. É importante ressaltar que o trabalho burocrático, no nosso caso, não influencia no processo criativo do grupo, primeiro sonhamos e depois construímos caminhos para realizá-lo”.

O espetáculo “Fiu Fiu – Um encontro entre pássaros” é destinado ao público infanto-juvenil. inspirado no cotidiano dos pássaros. Numa narrativa não linear, faz uma abordagem sobre o amor, numa perspectiva de encontros e desencontros, e a superação das frustrações, através de uma linguagem corporal própria e de movimentos precisos inspirados em uma dança popular da cultura cuiabana e personificados em dois pássaros, cômicos, lúdicos e únicos. Passarinhar e Passarinhou se conectam com a plateia com uma linguagem universal e acessível a todos os públicos.

O espetáculo conta com a participação na técnica Fernanda Gandes, e Vini Hoffmann e na cena Jefferson Jarcem e a Emily Lauxen que comenta “Falamos dos rituais que temos para os encontros, e que, quase sempre, conquistamos qualquer tipo de relação através da diversão, do fazer rir e do estar à vontade na companhia do outro”.

Jefferson conclui “Não é fútil amar e fazer as pessoas felizes, acreditamos que é um privilegio compartilhar a sua verdade, também uma tremenda coragem doar. A tristeza esta tão próxima da alegria, um balanço fascinante, não acha? O amor é misterioso e quando sentimos um dia, logo não conseguimos viver sem ele”.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet