Olhar Conceito

Quinta-feira, 26 de novembro de 2020

Notícias / Artes Cênicas

Cortejo-cênico aprovado pelo Circula MT é apresentado em assentamento de reforma agrária

Da Redação - Isabela Mercuri

06 Jun 2016 - 10:36

Foto: Reprodução / Da Assessoria

Cortejo-cênico aprovado pelo Circula MT é apresentado em assentamento de reforma agrária
Um cortejo cênico-musical do Grupo Tibanaré será apresentado na próxima quinta-feira (9) no assentamento de reforma agrária Chico Mendes, em Rondonópolis, à 18h. Em “Andarilho das estrelas”, cantigas, poesias e teatro promovem o contato direto entre artista e plateia.

Leia mais:
Peça exibida no Zulmira Canavarros discute o bullying nas escolas e suas consequências

O espetáculo foi aprovado pelo edital Circula MT, da Secretaria de Estado de Cultura, e vai viajar pelo estado de Mato Grosso. Na próxima terça (7), o grupo também oferta uma oficina de capacitação “Corpo, voz e rua”, no Espaço Casario, das 18h às 22h. Logo, os andarilhos seguem para Poconé e Aripuanã.

Na peça, são encenadas poesias de artistas regionais, como Aclyse de Mattos, Airton Reis, Ivens Scaff, Lucinda Persona, Marta Cocco e Vera Capilé, embaladas por trovinhas cuiabanas (canto regional) e cantigas tradicionais de roda.

Fatos interessantes de histórias comuns também são mostrados a partir de pequenos contos, escritos pelos próprios atores, que se unem à poesia.

Jefferson Jarcem, diretor do espetáculo, afirma que no decorrer das apresentações são exploradas ações físicas corporais, que interagem com a representação falada da poesia, possibilitando uma pluralidade de interpretações dos textos poéticos:

“Convidamos o público para entrar debaixo dos ‘guarda-estrelas’ - guarda-sóis -compondo cenários imaginários da representação poética, proporcionando uma ação exclusiva de sensações, pensamentos, conhecimentos e a fuga do cotidiano através da reflexão poética”, explica. “É essa identificação que buscamos na escolha das cidades que podemos chegar agora, graças à aprovação de nosso projeto no Circula MT. Seguindo as premissas do edital e a motivação artística de nosso grupo, o objetivo é levar nossa arte a quem tem pouco acesso a bens culturais, como é o caso dos moradores do assentamento Chico Mendes”, finaliza.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet