Olhar Conceito

Quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Notícias / Literatura

Dia da poesia é comemorado nesta segunda, data em que Manoel de Barros faria 100 anos de idade

Da Redação - Isabela Mercuri

19 Dez 2016 - 13:55

Foto: Reprodução / Ilustração

Manoel de Barros

Manoel de Barros

Dia dezenove de dezembro é o dia do aniversário do poeta cuiabano Manoel de Barros. Este dia também – e por causa dele – foi declarado o Dia Estadual da Poesia, por meio de lei aprovada pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Em 2016, Manoel completaria 100 anos – se não tivesse falecido em 13 de novembro de 2014.

Leia mais:

Com homenagem a Manoel de Barros, primeiro Vem Pra Arena de 2016 acontece sábado

“A escolha de homenagear a poesia, o dia da poesia em Mato Grosso, pela data de nascimento de Manoel de Barros, foi acertadíssima. Manoel de Barros, tendo publicado vários volumes de poesia, tendo sido traduzido para vários idiomas e vencido prêmios importantes, consagra uma vertente lírica telúrica, enraizada numa paisagem forte e simples, daí sua magnitude estética”, elogia a escritora Marta Helena Cocco, membro da Academia Mato-grossense de Letras (AML).

Para marcar a comemoração, a Casa de Leis, por meio do Instituto Memória do Poder Legislativo, promove, a partir desta segunda-feira (19), a exposição “Manoel de Barros e a mídia impressa”. Quem quiser conhecer mais sobre a vida do poeta, deve passar na unidade do Ganha Tempo localizada na Praça Ipiranga, em Cuiabá, até o próximo dia 5 de janeiro.

Também pensando em promover a poesia e a valorização dos artistas mato-grossenses, o deputado Jajah Neves propôs uma lei – que está em tramitação – chamada “Poesia na Escola”. O PL n°64/2016 incentiva a leitura e a produção de textos por meio de concursos de poesia nas escolas da rede estadual de ensino de Mato Grosso.

Manoel de Barros

O poeta manoel de Barros nasceu em Cuiabá, Mato Grosso, no dia 19 de dezembro de 1916, mas logo se mudou para uma fazenda em Corumbá, Mato Grosso do Sul, onde passou a maior parte da infância. Crescido, estudou direito no Rio de Janeiro, mas nunca exerceu a profissão.

Seus livros já foram publicados em mais de 31 edições diferentes, e o escritor consagrado também já ganhou dois prêmios Jabuti. Em 2013, foi indicado ao Nobel de literatura.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet