Olhar Conceito

Quarta-feira, 01 de dezembro de 2021

Notícias / Artes Cênicas

veja história

Bailarinas ganham vaga em competição de dança de Nova York e pedem ajuda para viajar

Da Redação - Isabela Mercuri

30 Jan 2017 - 14:27

Foto: Reprodução / Vakinha Virtual

Camila Helena

Camila Helena

A bailarina Camila Helena, de apenas treze anos, realizou um de seus grandes sonhos: foi convidada para dançar em Nova York, competindo na Youth American Grand Prix em abril deste ano. Só há um problema: sua família não tem recursos para bancar sua viagem. Por isso, decidiram organizar uma “vakinha” virtual.

Leia também:
Depois de apresentar-se na Alemanha e França, bailarina traz espetáculo "Rêverie" à Cuiabá

A mãe de Camila, Heleonira Lira, conversou com o Olhar Conceito na última semana e contou que a filha dança desde os sete anos de idade. “No início eu coloquei para que ela fizesse uma atividade física, porque era importante mesmo. Mas ela gostou, e não parou mais”.

Ela começou os estudos de dança no Sesc, e depois passou a integrar a companhia da Ópera Ballet. “O grupo já participou de diversas competições em Goiânia, Campo Grande, e em Indaiatuba, São Paulo, onde foi selecionado para a etapa em Nova York”, explica a mãe.

No total, são 23 meninas que dançam juntas. “Tem duas meninas que são bolsistas da Flauta Mágica. E nós, como grupo, fizemos diversas ações para angariar fundos para a viagem delas. Só que além de agir no coletivo, também precisamos agir no individual. Por isso agora pedimos ajuda para Camila”, explica Heleonira.

A mãe conta que o grupo vai ficar cerca de doze dias em Nova York, e para isso – contando passagem, hospedagem e alimentação – o gasto seria de cerca de R$10 mil. Na ‘vakinha online’, a família tem como objetivo arrecadar R$4 mil. Heleonira é coordenadora de uma escola, e conta que com seu salário não consegue bancar a viagem.

“A professora dela já disse que nessa competição eles escolhem bailarinas e oferecem cursos, bolsas, etc. (...) E como todas dançam juntas, se não for uma, não vai ninguém”, afirma.

O próprio grupo do Ópera Ballet possui, na catarse, uma página de doações chamada “Adote uma bailarina”. Lá, a meta é atingir R$70 mil em doações, para financiar as despesas de viagem do máximo de meninas possível. (Veja AQUI).



A Youth America Grand Prix (YAGP) é a maior rede global do mundo da dança, que tem como missão apoiar e desenvolver dançarinos de classe mundial, com idades entre 9-19, de todas as classes econômicas, étnicas e geográficas, fornecendo testes de bolsas de estudo, oportunidades de desempenho e de educação, e servindo como a rede global de dança, conectando os estudantes, os professores, escolas, companhias de dança, dançarinos e audiências.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet