Olhar Conceito

Domingo, 28 de novembro de 2021

Notícias / Artes Cênicas

virgindade contestada

Peça feita originalmente por grupo de Liu Arruda está em cartaz na Casa Cuiabana

Da Redação - Isabela Mercuri

17 Abr 2017 - 11:00

Foto: Reprodução / Ilustração

Peça feita originalmente por grupo de Liu Arruda está em cartaz na Casa Cuiabana
“A virgindade contestada”, peça encenada pela primeira vez em 1990 pelo Grupo Gambiarra, voltou aos palcos cuiabanos em abril, e continua até o final do mês na Casa Cuiabana, sempre às quartas, às 20h30.

Leia também:
Grupos de teatro criam programação para apresentar espetáculos locais ao público cuiabano

Quem encena a história são os atores Ivan Belém, Romeu Benedicto e Vital Siqueira. Quando foi criada, a peça tinha no elenco do Grupo Gambiarra os atores Liu Arruda, Ivan Belém, Claudete Jaudy e Mara Ferraz, estas se revezando no papel da parteira.
 
O roteiro conta a história de Flor de Liz, uma porca de propriedade de Creonice que supostamente foi emprenhada pelo porco capado de Totó Bodega, o Pau de Sebo. A Comadre Pitu é convocada para resolver o impasse, na condição de parteira.
 
A peça foi escrita e dirigida pelo dramaturgo mato-grossense Luiz Carlos Ribeiro, e inspirada em um trecho da obra Pedra Canga, de Tereza Albues Eisenstat, em forma de teatro do absurdo. A história satiriza questões como a virgindade e o casamento, além de conter críticas ao agronegócio.

De acordo com a assessoria, a montagem atual da peça estreou em 2014 no Quilombo Mata-Cavalo de Dentro, em Nossa Senhora do Livramento (40km de Cuiabá), e já percorreu diversos espaços alternativos, como a Praça Cultural do bairro Pedra 90, Mercado do Porto e feira livre de Santo Antônio de Leverger.
 
Serviço


Virgindade Contestada
Data: Quartas-feiras de abril
Horário: 20h30
Ingressos: R$40 ou R$20 (levando 2 produtos de higiene pessoal)
Local: Casa Cuiabana - Rua General Valle, vizinha ao Pronto Socorro Municipal
Informações e reservas: (65) 99916-8881
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet