Olhar Conceito

Quarta-feira, 14 de abril de 2021

Notícias / Turismo

qualidade de vida

Jovens da melhor idade dão show de vitalidade na FIT Pantanal e mostram grande potencial do turismo sênior

Da Redação - Naiara Leonor

24 Abr 2017 - 14:10

Foto: Olhar Conceito

Jovens da melhor idade dão show de vitalidade na FIT Pantanal e mostram grande potencial do turismo sênior
No samba ou no bolero, declamando ou encenando e até trovando. As jovens da melhor idade deram show de vitalidade e cultura em suas participações na Feira Internacional de Turismo do Pantanal 2017 neste domingo (23). A desenvoltura nos passos e com as palavras são a prova de que o turismo tem muito a ganhar investindo em produtos específicos para o público sênior.

Leia mais:
Arte e Sonho se misturam em feira de artesanato realizada na FIT Pantanal

“É uma fatia poderosa para o turismo, o mercado já esta usufruindo deste turismo sênior. É preciso que o trade olhe com outros olhos essa parcela da população que esta aumentando cada vez mais”, enfatiza a presidente da Associação Brasileira de Clubes da Melhor Idade, Ana Maria, que veio do Rio Grande do Norte para participar da FIT Pantanal 2017.

Criado pela Embratur, a ABCMI é uma ong mantida por idosos voluntários que integra o Trade Turístico. Na visão de sua presidente nacional, há necessidade de investimento em turismo sênior também como uma forma de aumentar a qualidade de vida do idoso, proporcionando consecutivamente aumento da expectativa de vida.

“Nós queremos uma qualidade de vida para o idoso dentro do turismo sênior. No Brasil, uma das coisas mais serias que a gente precisa dentro do turismo é o profissionalismo. Nos diversos setores e para o turismo sênior principalmente, porque essa população é quem tem tempo para viajar e também poder aquisitivo guardado de aposentadoria”, disse Ana Maria.



Concordando com a fala da representante nacional, a presidente emérita da ABCMI em Mato Grosso, Zildinete Coutinho, acrescentou em sua fala o grande potencial turístico que Mato Grosso possui, não só para o turismo sênior, mas para todas as modalidades.



“Mato grosso, por ser único estado do Brasil que abriga três biomas diferentes, é o futuro celeiro do turismo do mundo, por isso se diz que a felicidade do cuiabano vem da alma, pois aqui temos tudo de bom pra oferecer: belezas naturais, água em abundância, fauna e flora exuberantes, gastronomia diversificada, rica religiosidade que é formação basilar do nosso povo e por fim, o calor humano e a receptividade do cuiabano”, pontuou Zildinete.

A presidente emérita ainda evidenciou a importância da revista Olhar Conceito, concebida em edição especial para a FIT Pantanal, como fomentadora do turismo de Mato Grosso e uma janela para os atrativos naturais e culturais, fonte de conhecimento turístico do estado que será levada para outras regiões do país.

Para que realmente o turismo estadual transcenda as fronteiras de Mato Grosso, Ana Maria completou o momento prometendo fazer esforços para que o encontro nacional da ABCMI seja realizado em Cuiabá no próximo ano, como forma de apresentar o potencial turístico do estado para o público sênior. “Eu quero levar o turismo sênior para que Mato Grosso seja bem divulgado. Vou fazer de tudo para que o encontro nacional seja feito aqui em Cuiabá ano que vem”. 

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet