Olhar Conceito

Segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Notícias / Artes visuais

Exposição na Assembleia chama atenção para o Coxipó do Ouro com artesanato e gastronomia

Da Redação - Isabela Mercuri

26 Abr 2017 - 11:00

Foto: Angelo Varela/ALMT

Exposição na Assembleia chama atenção para o Coxipó do Ouro com artesanato e gastronomia
A Assembleia Legislativa de Mato Grosso recebe, nesta quarta-feira (26), a bandeira do Divino Espírito Santo, protetor da comunidade Coxipó do Ouro. Além disso, haverá procissão pelos corredores, declamação de poesias no saguão e música com o cantor de rasqueado Roberto Lucialdo.

Leia também:
Primeira eliminatória de competição de poesia em MT acontece neste sábado

Toda a programação faz parte da exposição “Cuiabá redescobrindo o Coxipó do Ouro”, que segue no saguão do prédio até a próxima sexta-feira (28), aberto ao público das 8h às 17h.

A exposição conta com peças de artesanato e gastronomia da comunidade, além de uma feirinha em que o visitante pode comprar doces, bolos, bonecas, tapetes, entre outros produtos.

A iniciativa da exposição é do Instituto Memória do Poder Legislativo (IMPL), e surgiu com propostas de dois servidores da casa, Valdemir Taques, turismólogo, e Selma Costa, historiadora. Ambos conhecem a região e clamaram por atenção ao local, que está abandonado e precisa de investimentos para que se torne uma opção turística.

Em 2016, foi promovida no local uma sessão especial, em que se detectou que o Coxipó do Ouro, formado por 13 comunidades, precisa de investimentos financeiros para pavimentação asfáltica, segurança, transporte, educação e em cuidados com o meio ambiente, especialmente com a conservação do Rio Coxipó.

Edemilson Rufino de Lima, assessor da ação cultural do IMPL, avalia que com esses investimentos o local se consolidaria como rota turística, o que poderia aumentar o autossustento dos moradores com artesanato, gastronomia e turismo.

De acordo com a assessoria da Assembleia, a mostra surgiu dessas reflexões, e foi organizada pelo pesquisador Silvânio Barcelos, com dez telas em PVC com a história da comunidade. Ela já passou por quatro espaços púbicos, e agora voltou à Casa de Leis. 

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet