Olhar Conceito

Terça-feira, 14 de julho de 2020

Notícias / Perfil

Mães alertam para opções de tratamento de pé torto congênito em piquenique no Mãe Bonifácia

Da Redação - Letícia Ferro Ferraz

04 Jun 2017 - 08:25

Foto: Arquivo Pessoal

Órtese Dennis Brown usada no tratamento de Pé Torto Congênito

Órtese Dennis Brown usada no tratamento de Pé Torto Congênito

Um piquenique reunindo familiares de pessoas com o pé torto congênito será realizado neste domingo (4), no Parque Mãe Bonifácia. O encontro tem como objetivo comemorar o dia mundial do pé torto e chamar atenção para a causa. O piquenique iniciará às 16h e vai ter a presença do Dr. Miguel Alito, especialista no assunto, que pretende melhorar o tratamento oferecido no SUS sobre o problema.

Leia também
Caminhada sobre alergias alimentares acontece durante mês de conscientização de intolerância a glúten

Franciellen Mendes, mãe do Enzo, 3 anos, que tem PTC lembra como foi receber o diagnóstico. “Tive uma gestação muito desejada e absolutamente, normal. Mas na ultrassom realizada com 25 semanas, chamada morfológica, ouvi do médico as palavras, 'seu filho tem os pezinhos tortos'. Após isso ele me disse que tinha tratamento e que eu deveria ficar tranquila. Foi então que iniciei a narrativa em um blog Os pezinhos do Enzo.”

“Primeiro pesquisei muito, encontrei um médico que realizasse o tratamento pelo melhor método existente no mundo, chamado o método Ponseti. Aqui em Cuiabá temos um médico referência nesse tratamento, o Dr Miguel Alito. O tratamento custa super caro, hoje é por volta de R$ 10 mil, mas através do blog, conseguimos a maior parte do valor.” conta a mãe.

“Ele começou o tratamento com 11 dias de vida. Os pezinhos são engessados geralmente por 6 semanas para ficar no lugar, e a cada semana é trocado esse gesso. Hoje, cada troca custa cerca de R$ 1.200. Depois o Enzo passou por uma micro-cirurgia, chamada tenotomia. Saiu da sala de cirurgia com gesso em ambas as pernas, usou por mais 15 dias o gesso, e depois passou a usar uma botinha ligada por uma barra de ferro, chamada órtese Dennis Brown. Usou essa botinha por 3 meses direto, tirando só pro banho. Depois recebeu alta parcial e usa 14 horas por dia, colocamos ela no horário mais tranquilo, e no sono. Ele usará até pelo menos os 4 anos de idade. Esse é o tratamento”, explica a mãe.

Ela comenta também as diferenças com o atendimento oferecido pelo SUS. “Enquanto o Enzo usou um total de 6 gessos, o tratamento oferecido no SUS usa mais de 15 gessos. Algumas vezes a cirurgia no SUS é de uma técnica antiga e muito mais agressiva. O Dr Miguel Alito quer muito melhorar esse tratamento oferecido pelo SUS, e estará presente em nosso piquenique.”

Franciellen completa. “A cada mil bebês, um tem pé torto congênito. Eu considero um número alto. O tratamento ofertado pelo SUS está longe de ser bom. Precisamos divulgar para orientar, quanto mais pessoas souberem sobre o tratamento, menos julgamentos teremos sobre as mães de bebês PTC. Não é fácil sair a rua com um bebê com a perna engessada, geralmente pensam que a mãe derrubou o bebê, com isso a maioria das famílias fica reclusa em casa durante todo o período do tratamento de gesso.” conclui.

Serviço

Piquenique do Dia Mundial do Pé Torto
Data: Domingo, 4 de junho - 16h
Local: Parque Mãe Bonifácia
Informações: (65) 99990-6540

6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • jose carlos de aquino lima
    22 Mai 2018 às 20:06

    sou jose carlos sou ptc esto sofrendo muito com meus pes moro em pau brasil interior aqui nao tenho como tratar venho ate vcs pedir ajuda si alguem poder mi orienta a encontra um medico q possa mi ajudar sei q ja esto velho 43 anos so quero poder andar sem senti dores meu telefoni e 73 981645991

  • Neusa Zuffo
    05 Abr 2018 às 14:36

    Meu nome e Neusa sou de São Paulo é meu filho Lorenzo tem PTC e não foi detectado nada nos morfológico nem no 3D so soubemos no dia do parto (cessariana) q a obstetra nos disse, para mim é meu marido confesso foi um choque pois até então não tinha conhecimento do pé torto congênito começamos ai o tratamento para o Lorenzo, hoje o Lorenzo está com 4 meses e está no sexto gesso demoramos um pouco já q o Lo teve q fazer uma cirurgia de hérnia ignal, já estamos pesquisando a órtese de Denis Brown q varia entre 400 a 500 reais o Lorenzo faz o tratamento pelo convênio na Intermédica com o Dr. Carlos Henrique em Santa Cecília- São Paulo o Lorenzo nasceu somente com o pé direito torto após os gessinho o pezinho já melhorou mto e o Lorenzo até já se adaptou bem com o gesso até leva o pezinho com o gesso na boquinha rsss, meu molequinho guerreiro q veio para me ensinar tanta coisa.

  • Tatiane de Almeida Padilha
    03 Set 2017 às 20:43

    Não concordo com o comentário sobre o sua, tudo bem tem alguns lugares que o atendimento é péssimo mas não vamos generalizar,meu bebê com PTC está fazendo tratamento na Santa casa de misericórdia e está tendo um ótimo atendimento e ótimos resultados graças a Deus

  • Tania Mendes
    14 Jun 2017 às 19:13

    O meu netinho Enzo está com 3 meses e desde o nascimento estamos tentando um tratamento no sus, porém sem sucesso. Ele tem o pé esquerdo torto. . Está na fila de regulação e até agora nada. Se alguém puder nos dar uma luz, agradeço. Somos de São Paulo. Cidade Tiradentes.

  • Elisângela Oliveira Silva
    10 Jun 2017 às 10:30

    Minha filha Lavínia começou o tratamento com 13 dias de vida ,pelo convênio,e não teve resultado fez tratamento pelo convênio durante 5 meses,sem resultados quando foi fazer pelo sus em 12 dias ela já apoiava o calquanho no chão,no sus tem ainda médico bons agradeço a dr Paulo Faleiros Júnior da cidade Piracicaba SP brigada dr Paulo Faleiros Júnior e equipe

  • Elisângela Oliveira Silva
    09 Jun 2017 às 21:51

    Sou mãe de uma mocinha de 2 aninhos Lavínia nasceu com pé torto bi lateral passou por dois tratamento com médicos diferentes ,o primeiro não deu muito certo ,não gostei ,como questão de gosto ninguém se descute deve ter gente que gostou do tratamento dele ,eu não gostei , hoje ela faz tratamento com outro médico do SUS um excelente médico ,um médico que trabalha com a alma e o coração ? dr Paulo Faleiros Júnior minha filha hoje posso dizer que ela tá ótima essa é a palavra ótima agradeço a Deus e em segundo o dr Paulo Faleiros Júnior pelo carinho e dedicação e respeito pelos os pacientes ,ela ainda usa a notinha pra dormir ,mais durante o dia uma criança alegre brinca corre uma criança normal beijo a todas as mães e ficam tranquilas isso passa e servirá mais tarde de lição de vida pra elas e pra nós mães

Redes Sociais

Sitevip Internet