Olhar Conceito

Quinta-feira, 28 de outubro de 2021

Notícias / Literatura

nesta semana

Estudante de oito anos de escola municipal lança livro de poesias com apoio das professoras

Da Redação - Isabela Mercuri

04 Dez 2017 - 14:10

Foto: Da Assessoria

Anne Ellen Lima Fontana, a pequena escritora

Anne Ellen Lima Fontana, a pequena escritora

Uma garota de apenas oito anos, estudante da Escola Municipal Senador Darcy Ribeiro, em Cuiabá, lança seu primeiro livro na próxima quinta-feira (7), às 18h, na própria escola onde estuda. A obra é resultado de um projeto organizado por suas professoras, e sua publicação influenciou quase outros 50 alunos, que também começaram a escrever.

Leia também:
Sesc Poconé realiza mesa redonda sobre literatura e erotismo
 
De acordo com a assessoria, Anne Ellen Lima Fontana, a pequena escritora, se destacou durante a realização do ‘Projeto Letras que Falam’ organizado pelas professoras do 3º ano A e B da escola. Nele, as crianças tinham que realizar uma leitura em sala de aula, depois interpretar a história e escrever sobre ela.
 
Foi das professoras a ideia de publicar os textos da garota e, logo depois, elas perceberam também que os quase 50 alunos começaram produzir. "Hoje todos eles têm livrinhos escritos em papel A4 e cartolina. Além disso, foi notada uma mudança significativa no comportamento de alunos que apresentavam problemas com indisciplina", disse o diretor da escola, Valdir Xavier.
 
Para o diretor, a publicação do livro é uma realização. "Em um mundo cercado por tantas tecnologias, ter uma criança de oito anos se dedicando a escrever poemas, falando de algo que cerca seu mundo, é a concretização do nosso trabalho voltado para o desenvolvimento da leitura e da escrita".  As ilustrações do livro foram criações de Janaína Souza Queiroz, adolescente integrante do Programa Siminina - Unidade CRAS (Centros de Referência da Assistência Social), Distrito da Guia.
 
Outro parceiro do projeto é a Companhia de Teatro Cena Onze, que ministra oficinas de teatro, leitura de texto e dramaturgia desde 2016 na escola. Além disso, eles também realizaram a montagem de uma peça. "Reconhecemos que o projeto é hiperimportante para o desenvolvimento intelectual. São crianças muito inteligentes e comprometidas. Acreditamos que as oficinas e a peça de teatro que montamos contribuíram positivamente para o desenvolvimento da leitura deles', destaca o diretor Flávio da Cia, Ferreira.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet