Olhar Conceito

Sexta-feira, 04 de dezembro de 2020

Notícias / Saúde e Beleza

Nutricionista dá dicas para quem exagerou na ceia do Natal não repetir o mesmo no Réveillon

Da Redação - Isabela Mercuri / Vinicius Mendes

25 Dez 2017 - 09:22

Foto: Le Blog

Nutricionista dá dicas para quem exagerou na ceia do Natal não repetir o mesmo no Réveillon
A nutricionista Hayanny Wegener conversou com o Olhar Conceito e deu algumas dicas para conseguir curtir as festas de final de ano sem exagerar. Para quem exagerou na ceia do Natal, ela explicou o que fazer para não cometer o mesmo erro na ceia do Réveillon. Além de recomendações de pratos, ela explica que é possível aproveitar o momento de ceia em família de uma forma mais saudável.
 
Leia mais:
Papai Noel Pantaneiro se emociona com homenagem de Luciano Huck e ganha Nissan e trailer com 3 mil livros
 
Nesta época de muitas confraternizações, Wegener afirma que é necessário muito foco e disciplina. Ela diz que o primeiro passo é se planejar. Depois é preciso conhecer os alimentos que irá comer e não cometer exageros, para não ter problemas no pós festa.
 
Confira a entrevista completa:
 
OD - Você tem alguma dica para dar para as pessoas que não querem deixar de participar das ceias, mas se preocupam com a saúde?
 
O Natal e as festas de fim de ano, apesar de envolverem bastante a alimentação, não estão diretamente ligadas a ela. Mas sim, representam estar em família e amigos, devendo significar o fortalecimento e renovação do nosso vínculo com nossos entes queridos.

Além disso, a preocupação com a alimentação não deve ocorrer apenas neste período do ano. Alimentação saudável deve ser um hábito. O segredo nas ceias de Natal e Réveillon não é deixar de comer, mas fazer escolhas corretas, pois não é uma refeição isolada que te fará ganhar ou perder peso e sim um consumo excessivo e diário.
 
OD – Qual a melhor forma de não ‘meter o pé na jaca’ na ceia?
 
Épocas de muitas confraternizações como dezembro, exigem muita disciplina e foco. Diante de alimentos muito calóricos e sazonais, os riscos de exageros aumentam no caso de cardápios não programados e estômago vazio antes dos eventos. 
 
A melhor dica é ter planejamento, pois com pequenas atitudes é possível desfrutar de todas as festividades sem deixar de lado os seus objetivos. 
 
DICAS PARA A CEIA:
 
Não fique muito tempo sem se alimentar ao longo do dia, faça pequenas refeições leves como frutas nos lanches e prefira salada e grelhados no almoço, assim você poderá comer um pouco mais na ceia, porém sem exageros, o segredo é o equilíbrio.
 
CONSUMIR A ENTRADINHA PODE SER UMA BOA ESTRATÉGIA!!

Entradas como saladas,frutas, castanhas como nozes, avelãs e amêndoas são aperitivos naturais que estão sempre presentes nas mesas de natal epodem ser uma boa estratégia para não abusar no prato principal e sobremesas, pois essas opções tem um poder maior de saciedade e a inserção destes alimentos prévios à refeição ainda possui efeitos como a melhora no controle glicêmico da refeição (em especial para as que possuem doces e frutas), fornece vitaminas, minerais e são, se bem preparadas, alimentos extremamente saborosos.
 
A única atenção que merece ser salientada, é aos molhos e compostos da salada. A maioria, a base de óleos e/ou queijos podem acrescentar grande valor calórico nessas refeições. Portanto, cuidado ao escolhê-los. Opte sempre pelo tradicional e natural.
 
PRATO PRINCIPAL:

Mesmo que o evento ofereça opções mais calóricas, procure equilibrar o seu prato com pelo menos 1 porção de proteína (equivale a palma da mão), o peru que é muito tradicional nesta época é uma carne muito saborosa e saudável, escolha cortes como o peito e evite o consumo da pele, escolha somente um tipo de carboidrato (de preferência integral) e saladas, legumes e verduras de forma livre.

Não se prive de comer seus pratos favoritos, tente comer pequenas porções ou escolha aquilo que você mais gosta e coma com moderação.
 
Sobremesa: é necessário evitar as sobremesas a base de creme de leite, leite condensado ou chantilly, pois estas têm uma carga elevada de açúcar. Por isso, é preferível apostar em castanhas, frutas frescas ou assada, rabanadas feitas no forno e se o ingrediente principal for chocolate, preferir o meio amargo.
 
OD – Você poderia passar alguma receita, ou um pequeno cardápio detox, para o dia seguinte ao natal?

O salpicão é um dos pratos mais tradicionais na ceia natalina, basicamente o ingrediente base para esta receita é a maionese, por conta da “praticidade” as pessoas tendem a comprar o produto pronto, que na maioria das vezes é industrializado, com uma lista extensa de ingredientes na sua composição, ingredientes estes, não utilizado no dia-a-dia da dona de casa e conta com o desequilíbrio de ácidos graxos essenciais, provavelmente com ingredientes transgênicos e, potencialmente grandes fornecedores de radicais livres ou gordura trans.
 
Agora que já descobrimos o que tem por trás dos alimentos industrializados, por que ainda continuar utilizando e oferecendo para pessoas que amamos? Pensando nisso, o mais ideal é realizar troca desse ingrediente que contém tantas calorias vazias pelo iogurte natural, que é um alimento rico em probióticos(contribuem para o bom funcionamento do intestino), vitaminas: A, B1, B2, B3, B6, B12, C, D, minerais como potássio, cálcio, fósforo, magnésio, zinco, ferro e não contém glúten.
 
Lembrando que iogurte ideal é aquele que contenha no máximo 2 ingredientes na sua composição (leite e fermentos lácteos,)e pelo menos 4g de proteína na informação nutricional, o preço também é bem atrativo quando comparado com a maionese.
 
Receita - Salpicão natalino saudável
 
4 xic de frango desfiado
½ xíc de salsão em cubos bem pequenos
2 col de sopa de salsinha picada
2 copos de (180g) de iogurte natural (dica para dar cremosidade: utilizar o iogurte um ponto a menos do congelamento e sem o soro)
½ xic de nozes picada
½ xíc de ameixa picada em tiras bem finas
1 unid de maçã verde em cubos bem pequenos
Sal e pimenta a gosto
 
Modo de preparo: Misture todos os ingredientes, tempere a gosto e reserve na geladeira.
Sirva bem gelado.
 
OD – O que é pior para o corpo: o excesso de comida ou de bebida?
 
Penso que tudo em excesso não faz bem para saúde, o equilíbrio é fundamental para que possamos manter um clima agradável com aqueles que estão ao nosso redor e de quebra contribuirá e muito para sua saúde.

Maneire na bebida alcóolica, além de supercalóricas, elas contêm o índice glicêmico bem alto, o que significa que se transformam em gordura rapidinho. Para acompanhar, prefira o VINHO SECO.

A bebida é rica em antioxidantes que ajudam a combater o envelhecimento precoce e tem apenas 70 calorias por cada taça de 100 ml e/ouopte por bebidas aromatizadas que podem ser feitas de água com gás, bastante gelo, rodelas de limão e folhas de hortelã.
 

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet