Olhar Conceito

Terça-feira, 14 de julho de 2020

Notícias / Comportamento

Aluno do IFMT tira 913 no ENEM e passa em 6 faculdades de medicina; veja rotina de estudos

Da Redação - Paulo Victor Fanaia Teixeira

02 Fev 2018 - 11:48

Foto: Assessoria/IFMT-Rondonópolis

Luan Galdino

Luan Galdino

Se aos 17 anos de idade tirar uma nota acima de 800 e passar em Medicina no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) parece sonho, imagine fazer isso seis vezes? É o caso de Luan Galdino, aluno do curso Técnico Integrado em Química no IFMT - Campus Rondonópolis. Seis grandes universidades do país estão com as portas abertas para este mato-grossense prodígio.

Leia mais:
Após parada cardíaca, cuiabano emagrece 110 kg sem cirurgia


Ser aluno do curso técnico em Química, também ajudou Luan Galdino a conquistar menção honrosa em olimpíadas de conhecimento já no primeiro ano. Em 2017, definiu a meta de obter uma boa nota dos exames.

A tarefa não foi fácil, o estudante precisou abrir mão de todas as atividades de lazer que gostava, durante a semana, e mantinha média de 12 horas de estudo por dia. Ao todo, ele elaborou 60 redações e dezenas de listas de exercícios (principalmente nas matérias que tinha mais dificuldade).

Uma de suas metodologias adotadas para a redação do ENEM foi direcionar as pesquisas para problemas sociais, e com a ajuda das professoras de português ia corrigindo as falhas que tinha. O tema da última prova foi sobre educação de surdos, e apesar de não ter visto especificamente o assunto, o domínio na área social lhe garantiu argumentação.

No meio de tanto estudo, os momentos de lazer eram poucos, mas necessários. Luan conta que não abriu mão do tereré, e sempre fazia algumas pausas. Aos domingos, abandonava os livros. "Para não dar uma pirada eu dava uma andada, ia conversar com alguém, ia tomar um tereré. Mas era coisa de 20 minutos para descontrair", conta.

Muito estudo, e o resultado chegou: Luan Galdino, de apenas 17 anos, obteve nota 913,9 na redação do Enem e 848,7 na nota geral. Seis faculdades de medicina hoje estão à sua disposição: Universidade Federal de Viçosa (UFV), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Universidade de Pernambuco (UPE), Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR) e Universidade Federal do Pampa (Unipampa).

Mesmo com tantas opções para a mesma área, Luan não garante se de fato quer seguir na medicina. Ele pensa em, talvez, tornar-se seminarista. "Quero fazer algo para servir as pessoas, é isso que sinto vontade, então o que eu me sentir melhor, vou fazer", diz.

32 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • TATIANA
    04 Fev 2018 às 13:50

    A UFMG não tem vestibular interno há muito tempo e pelo SISU ele não passou em nenhumas dessas universidades. Além disso, na redação do ENEM não tem nota fracionada, logo, 913,9 é impossível. É um absurdo vocês não checarem as informações antes de postar. Que tipo de jornalismo é esse?

  • Tatiana
    04 Fev 2018 às 07:30

    A UFMG não tem vestibular próprio e no Enem o critério de correção da prova usa números redondos múltiplos de 20...

  • Edna
    03 Fev 2018 às 23:13

    Parabéns Luan!! Vc é muito esforçado nos estudos!! E o mais bonito é que vc ainda quer servir às pessoas!! Seja um bom médico!! Já estará ajudando as pessoas!!

  • Walter/Brasília
    03 Fev 2018 às 21:08

    Meus parabéns, Luan! Temos que tirar o chapéu para você! Logicamente que os professores lhe ajudaram e apoiaram, mas o mérito é todo seu, pois foi pelo seu esforço, dedicação e sapiciência!

  • Ana
    03 Fev 2018 às 12:01

    Faça Medicina e sirva o próximo verdadeiramente. Não se iluda querendo servir a Igreja. Cristo mora no seu coração!

  • Ademir Otávio da Cruz
    03 Fev 2018 às 10:18

    É questão de estudos e abrir mão de certas coisas que te levam pra traz

  • Jose Carlos Ferreira Brito
    03 Fev 2018 às 06:26

    O Brasil tem um potencial enorme dentro de cada criança neste país. Falta investir pesado na educação de base, remunerar melhor o professor, capacitá-los e premiá-los.

  • Gleice kely
    03 Fev 2018 às 01:43

    Parabéns,pelo esforço e dedicação,com certeza você irá muito longe.Talvez passar para medicina ,um curso tao dificil e ainda 6 vezes,seja a oportunidade que procura de como servir as pessoas .Deus te abençõe !Bjs!

  • Marcelo
    02 Fev 2018 às 23:25

    E não passou na UFMT?

  • Matheus Brito
    02 Fev 2018 às 22:54

    Notícia sensacionalista!!! O título dá a entender que a média dele foi 913, ja no corpo da notícia, fala que foi na redação. Aliás, não existe 913,9 em redação. Existe 900, 920, 960, ou seja, notas inteiras e de 20 em 20 pontos.

Redes Sociais

Sitevip Internet