Olhar Conceito

Segunda-feira, 19 de outubro de 2020

Notícias / Pets

Advogada morta em corrida tentava reformar brechó para ajudar causa animal; saiba como colaborar

Da Redação - Isabela Mercuri

20 Mar 2018 - 14:18

Foto: Arquivo pessoal

Taíse (esq.) e Tainá (dir.)

Taíse (esq.) e Tainá (dir.)

Um sonho brutalmente interrompido. Durante uma corrida na último sábado (17), a parada cardíaca que tirou a vida da advogada Taíse Bertoncello, 24, não parou somente sua carreira promissora e a vida toda que estava pela frente, mas também o sonho de ajudar os animais de ONGs e de rua. No mesmo dia da fatídica corrida, a jovem participou, de manhã, de uma reunião, de onde saiu determinada a reformar um brechó para arrecadar fundos para a Ong ‘Cão cuidado, cão amor’. A loja ainda será reformada, e agora vai levar seu nome, em homenagem ao trabalho que realizou.

Leia também:
Advogada sofre mal súbito e morre durante corrida noturna em Cuiabá

A Organização Não Governamental ‘Cão cuidado, cão amor’ foi criada por Angela Furtado, há cinco anos. Na época, seu filho passava por um momento difícil, e a Ong foi uma forma de pensar em outra coisa, fazendo o bem. “Meu filho estava muito doente, precisava de quimioterapia, e ficou de 3 a 4 anos entre idas e vindas no hospital por conta da quimioterapia”, lembra. “Ele perdeu muitos amigos durante esse tempo em que fez o tratamento no Hospital de Câncer, e cada perca que a gente tinha, dos colegas dele, a gente entrava em pânico, ficava com medo de perdê-lo. (...) Ele tinha que ficar muito tempo isolado, não podia ficar com os amigos, participar de eventos, festas, e ele é apaixonado por cachorro, eu acreditava que ajudaria muito ele, como de fato ajudou”.

O que começou com a ideia de abrigar entre dez e vinte animais, hoje já cuida de mais de 250, entre gatos e cachorros. Sem ajuda governamental, a Ong sobrevive de doações e voluntários, e um deles era a advogada Taíse. “Taíse fazia parte do nosso projeto para ajudar os animais de ONGs e de rua, ela era apaixonada por animais (principalmente gatos) e era muito ativa na ajuda animal”, contou sua amiga, Tainá Marques.

No último sábado (17), pela manhã, as amigas se encontraram para discutir a ideia de reformar o brechó que arrecada fundos para a ONG. “O brechó já está construído e funcionando para arrecadarmos dinheiro para cuidar desses animais, mas está bem acabado sabe? Eu e Taise nos encontramos no dia do seu falecimento, de manhã, para conversarmos sobre o brechó... estávamos cheias de planos para reformar ele e deixar bem bonitinho, pedir ajudar com doações, etc. A Taíse fez publicações no mesmo dia mostrando os animais de ONGs que ajudamos, postou fotos com as roupas do brechó e fez um vídeo na sua página do insta pedindo ajuda com doações de roupas para o brechó... Mas no mesmo dia o inimaginável aconteceu e ela partiu”, lembra.

Agora, Tainá quer continuar o projeto ‘por ela e pelos animais’. “Ainda não começamos a reforma pois estamos fazendo orçamento, mas queremos ter tudo pronto até dia 10/04 (dependo também da ajuda financeira de todos), para reinaugurar o brechó que terá a placa com o nome dela (Taíse Bertoncello) e fazer também uma campanha para que todos se juntem pela causa animal que a Taíse tanto lutava”.

Além do brechó, ela quer também reformar a própria ONG. “É difícil conseguir colaboração financeira, mas mesmo que demore vamos conseguir! Lutar pela causa animal, que é o que ela sempre fez”, finaliza.

Cachorros da ONG (Foto: Ong)

Serviço

Quem quiser ajudar na reforma, pode fazer doações na conta de Tainá. Ela afirma que vai enviar os comprovantes de compra aos que doarem.

Tainá Nascimento Marques
CPF: 035.251.561-97
Banco do Brasil
Ag: 4043-6
C/C: 21.381-0
Informações sobre a ONG na FAN PAGE

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet