Olhar Conceito

Quinta-feira, 28 de outubro de 2021

Notícias / Literatura

pré-venda

Autora precisa de ajuda para lançar livro sobre domésticas 'da senzala aos quartinhos'

Da Redação - Isabela Mercuri

22 Mar 2018 - 11:00

Foto: Reprodução / Ilustração

Autora precisa de ajuda para lançar livro sobre domésticas 'da senzala aos quartinhos'
As experiências das empregadas domésticas, suas vivências e uma reflexão sobre suas relações de trabalho “desde a senzala até os quartinhos nos dias atuais” foram o cerne da dissertação de mestrado da filósofa, professora e pesquisadora Maria Luisa Jimenez Jimenez. Morando atualmente em Chapada dos Guimarães, ela agora precisa vender pelo menos cem exemplares de seu livro, “Domésticas: Cotidianos na Comensalidade”, para que ele seja efetivamente lançado. (Reserve AQUI). 

Leia também:
Morre escritor Roberto Loureiro, autor de mais completa obra sobre a cultura mato-grossense

Maria Luisa é doutoranda em Estudos de Cultura Contemporânea pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), com foco em estudos de mulheres, classes sociais, cultura, sociedade e outros. Há alguns anos, mora em Chapada dos Guimarães, cidade que escolheu para ser também base de sua pesquisa. “Com muita garra e esforço tem sido minha caminhada acadêmica. Morar em Chapada e estudar na UFMT requer alguns esforços e muito dinheiro. Venho nessa caminhada há algum tempo. Consegui através de um Edital da ‘Editora Letramento’ lançar meu livro sobre a pesquisa que realizei durante o Mestrado na UFMT”, conta a pesquisadora.

O estudo de mestrado de Maria Luisa aconteceu durante dois anos em Chapada. “Esses escritos tratam de provocar a reflexão sobre a condição das Empregadas Domésticas, desde a senzala até os quartinhos de empregadas nos dias atuais. Mas, principalmente de dar voz as mulheres, na sua maioria, negras e pobres que contaram sua própria história, por elas mesmas”, explica.

De acordo com a sinopse, o livro inicia suas reflexões a partir da cozinha da casa. “Ao abordar a relação entre patroas e empregadas domésticas por intermédio do preparar, servir e apreciar a comida, o comportamento cotidiano é apresentado por via do cozinhar e tudo que se relacione a esse evento diário. Convívio esse, conflituoso apresentado nas relações socioeconômicas, de gênero e culturais desenrolando-se dentro do ambiente doméstico”.

“Domésticas: Cotidianos na Comensalidade” reflete sobre relações de poder, contrapoder e fronteiras hierárquicas. “Com riqueza de detalhes, a autora faz ressurgir manuais antigos e blogs atuais sobre discursos reacionários e preconceituosos sobre essas mulheres, que na sua maioria são negras, pobres e sem “qualificação”. Contudo, o trabalho também mostra algo pouco conhecido, a luta e organização dessas mulheres pela valorização e emancipação da condição de excluídas”.

Para reservar o livro e ajudar em seu lançamento, clique AQUI. O valor é de R$42, mais R$7 de frete.  
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet