Olhar Conceito

Quarta-feira, 02 de dezembro de 2020

Notícias / Artes visuais

Deborah Colker inicia projeto para fazer espetáculo sobre os indígenas do Xingu

Da Redação - Isabela Mercuri

27 Jun 2018 - 10:00

Foto: Reprodução/Internet

Espetáculo 'Cão sem Plumas'

Espetáculo 'Cão sem Plumas'

A coreógrafa Deborah Colker esteve em Cuiabá há uma semana, apresentando seu premiado espetáculo ‘Cão sem Plumas’, no Teatro Zulmira Canavarros. Na última terça-feira (26), no Rio de Janeiro, conversando com a produtora cultural Carlina Jacob – que foi a ‘ponte’ para trazê-la para Mato Grosso – decidiu o tema de seu novo espetáculo: os indígenas da região do Xingu (norte do estado).

Leia também:
Após vencer ´prêmio em Bolshoi, Deborah Colker traz 'Cão sem Plumas' a Cuiabá

Segundo Carlina Jacob, elas duas estavam em uma reunião no Rio de Janeiro, conversando sobre o espetáculo ‘Cão sem Plumas’. “É uma coisa muito legal, muito forte. A ideia é que ela venha com uns 30 bailarinos e passe 25 dias imersa no Xingu, aprendendo sobre a cultura, sobre os xamãs, sobre a dança deles”, conta.

Deborah Colker, João Elias e Carlina em reunião (Foto: Arquivo Pessoal)

O próximo passo, agora, é buscar autorização com a Fundação Nacional do Índio (Funai) e procurar patrocínio para tirar o espetáculo do papel. Assim como em ‘Cão sem Plumas’, que foi feito no sertão de Pernambuco, o novo espetáculo traria para o palco vídeos dos povos indígenas, músicas, além da dança. “Ela vai aprender a dança, os costumes, a cultura, a música, e transformar tudo em uma obra de arte”, afirma Carlina.

Além da imersão, Deborah e seus bailarinos farão um trabalho de intercâmbio, e têm o interesse de realizar workshops e ensinar dança contemporânea aos indígenas, ao mesmo tempo em que aprenderão as danças tradicionais.

Segundo Carlina, essa imersão já deve acontecer em agosto ou setembro deste ano, e o espetáculo será estreado em 2019 ou 2020 em Londres. Conhecida mundialmente por ter dirigido grandes espetáculos, como o ‘Ovo’, do Cirque du Soleil, em 2009, a coreografia de abertura das Olimpíadas de 2016 e ainda mais dez montagens desde a criação de sua companhia, em 1994, Deborah Colker apresentou seu ‘Cão sem Plumas’ no último dia 5 de junho, no Teatro Bolshoi, na Rússia. Na mesma data, a coreógrafa levou para casa o prêmio ‘Prix Benois de la Danse’, um dos maiores prêmios de dança do mundo.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet