Olhar Conceito

Segunda-feira, 18 de outubro de 2021

Notícias / Literatura

parcerias

Mais de cem livros são doados à Prefeitura e passam a integrar 'bibliotecas' nos pontos de ônibus

Da Redação - Isabela Mercuri

05 Jul 2018 - 11:00

Foto: Da Assessoria

Mais de cem livros são doados à Prefeitura e passam a integrar 'bibliotecas' nos pontos de ônibus
Mais de cem livros foram doados pelo o Centro Universitário Internacional (Uninter) para a Prefeitura de Cuiabá, e ficarão disponíveis para a população na ‘biblioteca livre’, do novo abrigo de embarque e desembarque de passageiros de coletivos, instalado na Avenida Historiador Rubens de Mendonça.

Leia também:
Feira de livros infantis tem mais de três mil títulos a partir de R$3,90

De acordo com a assessoria da Prefeitura, a doação se deu após uma parceria com a instituição. A ‘biblioteca livre’ é um dos principais componentes dos novos pontos de ônibus instalados em contêiners na capital. No total, serão 82 novos pontos e, inicialmente, oito receberão a doação da unidade educacional.

“A prefeitura de Cuiabá está sempre com as portas abertas para desenvolver qualquer parceria que gere esse tipo de benefício. Quando optamos em colocar as bibliotecas nos pontos sabíamos que precisaríamos da colaboração da sociedade e que não teríamos dificuldades em encontrar interessados em apoiar esse projeto. É dessa forma que irá acontecer em todos os novos abrigos. É uma atitude simples que, independente de ser uma empresa de pequeno, médio, ou grande porte, todos podem dar sua ajudar para construirmos uma Cuiabá melhor”, destaca o titular da Secretaria Extraordinária dos 300 Anos, Júnior Leite.

Renato Santtana, gestor administrativo da Uninter, afirma que a iniciativa partiu de uma conversa entre os colaboradores da instituição. Segundo ele, os livros são de diversos temas, e foram escolhidos pelos funcionários da empresa. A intenção é doar pelo menos 50 livros para cada um dos oito primeiros abrigos construídos num primeiro momento.

“Estamos instalados em Cuiabá há mais de 10 anos e essa foi uma forma simples que encontramos de dar algum retorno à cidade que nos acolheu. Sempre foi um desejo nosso poder contribuir mais com o município, pois acreditamos que, se toda empresa fizer um pouquinho, chegaremos a grandes resultados. Sozinhos não conseguimos financiar um desses pontos, mas, de alguma forma, podemos dar nossa parcela de cooperação. O novo abrigo traz esse conceito de sustentabilidade e isso é extremamente inovador. Os contêineres oferecem uma proteção maior para o usuário, tanto do sol quanto da chuva. Além disso, a iniciativa de colocar uma biblioteca também foi sensacional”, argumenta o gestor.

“Uma pessoa pode pegar um livro de empreendedorismo, por exemplo, e despertar uma ideia inovadora de negócios. Ou um livro de ética pode tocá-la no quesito educação, respeito ao próximo, e até na conservação de um bem público, que está utilizando. É uma atividade que podemos ver como uma possibilidade de mudança de vida em todas as esferas. Todavia, ela demanda uma soma de esforços em prol de um bem comum. Portanto, outras empresas podem seguir nosso exemplo e também completar o acervo. Ou os próprios autores mato-grossenses poderiam fazer doações de suas obras, para termos a literatura regional também disponibilizada ao público”, finaliza.  
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet