Olhar Conceito

Notícias / Artesanato

Artesãos mato-grossenses participam de maior feira do setor da América Latina

Da Redação - Isabela Mercuri

09 Jul 2018 - 09:24

Foto: Reprodução / Sedec

Sr. Lupércio foi um dos artesãos que viajaram

Sr. Lupércio foi um dos artesãos que viajaram

Mais de 40 artesãos vindos de dez municípios de Mato Grosso participam, até o próximo dia 15 de julho, da ‘Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte)’, que acontece em Pernambuco. A feira, considerada a maior do segmento na América Latina, tem diversas atrações, como alameda dos mestres, desfiles de moda, galeria de reciclados, shows culturais, espaço infantil e rodadas de negócios e muito mais.

Leia também:
Após fazer festa de 1 ano do filho, poconeana faz sucesso e abre empresa de decoração artesanal 

Um dos participantes, que foi até o Recife representar Mato Grosso, é o artesão Lupércio dos Anjos. Logo no início, ele já tinha vendido quase metade de seu estoque. “Não tive muito tempo para fabricar as peças. Mas parece que o que trouxe agradou tanto que quase não tem mais nada”, contou o artesão de Nobres. Ele e os outros de Mato Grosso expõem no estande gerido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec).
 
“Todos os outros estados se renderam ao nosso trabalho. Estão encantados, sobretudo, devido a qualidade das peças que trouxemos. Nosso mix está bastante sortido, tem artesanato indígena, em madeira, com fibras, argila, tecelagem, pedras, telas. Toda a nossa riqueza natural e cultural está retratada aqui e isso, enche os olhos do público que valoriza esse tipo de arte”, contou a coordenadora do Artesanato da Sedec, Lourdes Sampaio.
 
Lourdes acredita que o reconhecimento é fruto do trabalho técnico desenvolvido por artesãos locais, realizado através do Programa do Artesanato Brasileiro do Governo Federal, que desenvolve atividades que visam valorizar o artesão nacional, elevando o seu nível cultural, profissional, social e econômico, bem como, desenvolver e promover o artesanato e a empresa artesanal, no entendimento de que artesanato é empreendedorismo.
 
De acordo com a assessoria, nesta edição da feira o Sebrae convidou dois artesãos da região central do Brasil para participar da ação ‘troca de saberes’, e fazer um intercâmbio entre artistas que podem demonstrar um pouco do seu trabalho ‘ao vivo’ e contar a sua história. Lupércio foi um destes convidados.
 
O mestre, de mais de 80 anos, trabalha como artesão há mais de 10 produzindo diversas peças com latas de ferro e alumínio de diversos tipos e tamanhos, que dão forma a lamparinas, vasos de flores, cestas, rosas, carrinhos, conchas e mandalas. Seu Lupércio resume que o seu trabalho é inspirado na cultura de Mato Grosso, com fortes traços das manifestações populares como o siriri e o cururu, com abundância de cores e detalhes.
 
“Tudo o que sei aprendi sozinho. Fui aprimorando com o tempo as técnicas e hoje produzo 50 tipos de peças diferentes. Fiquei muito feliz com o convite para participar deste evento tão grandioso, vou passar 12 dias em Recife mostrando a esse povo todo o que eu faço e até já tem clientes interessados em fazer encomendas”, explicou.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • gabriel dos Anjos
    09 Jul 2018 às 17:13

    Parabens seo Lupercio dos Anjos. Sucesso!!!

Redes Sociais

Sitevip Internet