Olhar Conceito

Segunda-feira, 18 de outubro de 2021

Notícias / Saúde e Beleza

sem cicatrizes

Cirurgião plástico conta novidades das tecnologias para transplante capilar

Da Redação - Isabela Mercuri

05 Set 2018 - 09:00

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Cirurgião plástico conta novidades das tecnologias para transplante capilar
Um dos únicos cirurgiões plásticos que realiza a técnica sem cortes de transplante capilar, o ‘FUE’ (folicular unit excision) em Cuiabá, doutor Victor Albuquerque, participou do maior evento da América do Sul de transplante capilar em Foz do Iguaçu, e trouxe para Cuiabá algumas novidades que aprendeu. Dentre elas, estão os novos aparelhos de retirada dos folículos, as técnicas de implantação coreanas, novas lentes de aumento japonesas com campos visuais maiores, e pinças alemãs específicas para unidades foliculares.

Leia também:
Técnica de transplante capilar disponível em Cuiabá não deixa cicatrizes 

“Atualmente, a maior parte dos aparelhos utilizados para obtenção dos folículos são aparelhos odontológicos adaptados.  Isso funciona bem, mas não é o ideal, pois estes aparelhos são projetados para trabalhar em estruturas rígidas como dentes, e não no couro cabeludo, em especial nas unidades foliculares, que são extremamente delicadas”, explica o cirurgião.
 
Segundo ele, neste evento foi possível conhecer novos aparelhos, planejados especificamente ára a técnica de FUE. “Um desses aparelhos promove a retirada simultânea com sucção, extraindo os folículos mais facilmente e sem traumas nas unidades foliculares. Eles possuem várias funcionalidades, como modos de rotação, vibração e oscilações, que podem ser programadas e personalizadas de acordo com o tipo de cabelo, espessura e desejo do cirurgião. Nos demais aparelhos, somente um tipo de configuração geralmente está disponível”.
 
Outras novidades estão na parte da implantação dos cabelos. Estas vêm principalmente da Coreia do Sul, por meio de descobertas do Dr. Jae Hyun Park. “Além da parte material, foi possível ver os novos horizontes no tratamento clínico e cirúrgico, planejamento de implantação em casos avançados e discutir casos complexos e difíceis com cirurgiões do mundo todo, mostrando que a alopécia androgenética (calvície) é um problema global que traz desafios constantes a cirurgiões de calvície do mundo todo”, finaliza o médico.
 
Dr. Victor é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e da Associação Brasileira de Cirurgia de Restauração Capilar. Estudou a técnica em São Paulo e no Paraguai.
 
Indicado para pessoas que estão em um estágio de calvície ‘estacionada’, o transplante, basicamente, retira os folículos capilares (a raiz do cabelo) da parte de trás e das laterais, que normalmente não são atingidas pela calvície, e os implanta na parte anterior (frente) ou na coroa (em cima) da cabeça. Saiba mais AQUI.
 
Serviço

CRM 8623 / RQE 3790

*Telefone pra contato: (65) 99605-1985
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet