Olhar Conceito

Domingo, 17 de outubro de 2021

Notícias / Saúde e Beleza

Fisioterapeuta Neurológica

No Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, especialista pede mais inclusão

Da Redação

21 Set 2018 - 15:37

Camila Albues com Oacy Veronesi Instrutora Senior Bobath USA / NDT

Camila Albues com Oacy Veronesi Instrutora Senior Bobath USA / NDT

O Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência é comemorado nesta sexta-feira (21). A data chama a atenção, novamente, para a inclusão das pessoas com deficiência, quase um quarto da população brasileira.

Leia também:
Alunos fazem palestra e teatro para o dia da conscientização da luta do deficiente físico

O Dia Nacional foi instituído por iniciativa de movimentos sociais, em 1982, e oficializado pela Lei Nº 11.133, de 14 de julho de 2005. A data foi escolhida para coincidir com o Dia da Árvore, representando o nascimento das reivindicações de cidadania e participação em igualdade de condições.

A Mestre em Saude pela UFMT, Professora e Especialista em Fisioterapia Neurológica Infantil Camila Albues da Universidade de Cuiaba (UNIC), lembra da data e reforça dos direitos que a pessoa com deficiência deveria ter. Segundo a Camila Albues os governantes deveriam facilitar o acesso a órteses, próteses e dar um tratamento digno, além de aumentar a acessibilidade urbana e uma comunicação voltada para a pessoa com deficiência.

"Infelizmente muitas pessoas não respeitam as vagas de cadeirantes nas ruas, shoppings Center, bancos dificultando a vida de quem tem deficiência.  As escolas deveriam ter um melhor preparo para atender crianças tanto na parte pedagógica como na estrutura física para os cadeirantes." desabafa a Fisioterapeuta que tem um filho autista. Recentemente a fisioterapeuta esteve em Chicago nos Estados Unidos na Cliinica Pathways Pediatrics referencia em reabilitacao no mundo buscando uma melhor qualidade de tratamento para Mato Grosso no  bobath avançado em integração sensorial.

"Sempre buscamos o melhor tratamento para as crianças com alguma deficiência neurológica, seja autismo, Sindrome de Down, microcefalia e outras, nessa busca de  qualidade de tratamento a pessoa com deficiência, seja para dar os primeiros passos, sentar, comer, buscamos a sua independencia pois é o que ela mais precisa", desabafa Camila Albues. 

Camila Albues Melo Torres é fisioterapeuta, mestre em Saúde pela UFMT, professora de Neurologia Infantil e Adulto da Universidade de Cuiabá (Unic), Eepecialista em fisioterapia Neurológica Infantil pela PUC, Especializada em Neurologia no Conceito Neuroevolutivo Bobath Avançado pelo JP Mães de Londres, pioneira no Metodo de Terapia Intensiva - Pediasuit em Mato Grosso dede 2012 pela Therapies 4 Kids USA, e proprietária da Clinica Vital Kids Fisioterapia Infantil, em Cuiabá.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet