Olhar Conceito

Sábado, 24 de outubro de 2020

Notícias / Saúde e Beleza

De frente ao paredão de Chapada, centro de acolhimento terapêutico oferece imersão na mata e no ‘eu’

Da Redação - Isabela Mercuri

12 Nov 2018 - 14:50

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

De frente ao paredão de Chapada, centro de acolhimento terapêutico oferece imersão na mata e no ‘eu’
Centro de Acolhimento Terapêutico. O nome já dá a dica do que o visitante terá durante o tempo que ficar ali. Localizado na mística Chapada dos Guimarães, o local, comandado por Vera Holística, é um espaço de paz, que oferece uma fuga da realidade e onde, por alguns dias, o hóspede consegue fazer uma imersão na mata e em si mesmo por meio de terapias como limpeza energética, massagens e escaldapés.

Leia também:
Terapias holísticas realizadas em cachoeira promovem curas físicas e emocionais

O espaço abriu as portas em junho de 2018. No entanto, o contato de Vera com as terapias holísticas já é antigo. Começou em 1996, quando estava enfrentando um câncer. Depois de passar por diversos médicos e ficar internada por muito tempo, ela tomou um chá preparado por sua mãe, em um dia que estava passando muito mal, e melhorou.

A partir daí, descobriu que a água é uma transmissora. Ela começou a fazer tratamento com fitoterapia (plantas medicinais ou bioativas) e argila, e percebeu o poder transformador da natureza. Depois de se curar, dedicou-se a estudar os tratamentos holísticos, fez cursos de reflexologia (massagem nos pés, em que cada ponto corresponde a uma região ou órgão do corpo humano), de florais, de shiatsu (massagem para reestabelecer equilíbrio energético), mas se apaixonou mesmo pelo reiki. 

Em seu centro de acolhimento, a principal terapia oferecida é a de limpeza energética. Nela, o paciente se deita em uma maca, e Vera circula o seu corpo com pedras. “A pedra tem um magnetismo. As que estão nos chacras ajudam a alinhá-los. Elas emitem uma frequência”, explica.



Depois que o paciente está posicionado, Vera faz uma oração – geralmente a prece de Cáritas – e em seguida entoa um mantra. O som ajuda a pessoa a desligar-se do mundo, de seus problemas, para conseguir concentrar-se somente em si mesma. Vera ainda usa o som de uma tigela tibetana, que bate três vezes em cada chacra, visando vibrar a frequência do corpo, e segue com técnicas de reiki. “Como nosso corpo tem 75% de água, você começa a vibrar a frequência e o corpo começa a responder”, garante.


Mantra entoado por Vera


Prece de Cáritas


Tigela tibetana

O reiki é um sistema de reposição energética, um tratamento terapêutico usado para diversos problemas, físicos e emocionais. “A gente parte do princípio de que tudo é frequência”, explica Vera. “O intuito da terapia é mudar a frequência da pessoa. Porque ela está com a cabeça cheia, com problemas, e, através de sons, de mantras, de oração, do reiki, nós vamos aumentar a frequência dela”.

Segundo a terapeuta, a maioria das pessoas que a procuram está passando por momentos de questionamento. “Quando a pessoa fica sem chão, não sabe pra onde ir, não encontra resposta em lugar nenhum”. No entanto, existem hóspedes que estão bem, e realizam as terapias para manter suas frequências altas.

Vera afirma que as terapias holísticas não têm ligação com nenhuma religião específica. No entanto, ela se conecta ao divino. “Eu fui pegando o que eu aprendi e colocando meu jeito de trabalhar. Eu vou lá pra cima [pro céu], porque pra mim não existe trabalho de processo energético sem alinhamento com o alto. O terapeuta é um médico de alma, não é de corpo”, afirma.

Após a terapia, o paciente pode descansar no quarto ou aproveitar o dia na piscina. Além do alinhamento energético, Vera também faz massagens relaxantes, drenagem linfática, escaldapés, cone hindu (para ajudar em problemas no ouvido), receita florais e remédios homeopáticos.



Sob encomenda, ela também pode preparar um jantar, como uma sopa ou escaldado, para que o hóspede aproveite a noite ao pé da fogueira. Para dormir, ele pode escolher entre uma suíte, que conta ainda com uma rede e tem vista para a mata, ou outro quarto, mais simples. O café da manhã é preparado com frutas, pães, café, leite, suco, e também é servido de frente à natureza. É possível, até mesmo, enxergar Cuiabá dali.



Para os que desejam uma imersão ainda maior, Vera recomenda fazer os tratamentos em uma cachoeira próxima. Neste local, ela já atendeu nomes como Rodrigo Santoro, Eriberto Leão, Criolo e Carol Skaff.

A hospedagem no centro de acolhimento custa R$350 para os quartos comuns, e R$450 para a suíte. Cada tratamento terapêutico sai por R$150, sendo que na cachoeira o preço é um pouco maior.

Visão da suíte (Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto)

Terapia realizada na cachoeira (Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto)

Serviço

Centro de Acolhimento Terapêutico Vera Holística
Informações e reservas: (65) 99985 3380 / ou AQUI

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet