Olhar Conceito

Sábado, 24 de outubro de 2020

Notícias / Saúde e Beleza

Mato Grosso possui terapia intensiva com Exoesqueleto Flexível

Da Redação

03 Dez 2018 - 18:18

Foto: Reprodução

Mato Grosso possui terapia intensiva com Exoesqueleto Flexível
Muitos sãos os desafios e conquistas enfrentados no dia a dia da pessoa que possui alguma deficiência. São pequenos atos, como poder se sentar, tomar um copo de água, pentear o cabelo, ir ao banheiro sozinho, ou até mesmo fazer uma refeição levando o talher à boca. Neste 3 de Dezembro, em que se comemora o Dia Internacional do Deficiente Físico, é necessário reforçar o tema  da luta diária daqueles que possuem alguma deficiência. 

Leia mais:
Fisioterapeuta faz tratamento diferenciado em crianças com síndrome de Down e relata avanços

Na busca de condicionar independência desses pequenos atos para crianças e adolescentes através de treinamento intensivo, a fisioterapeuta e especialista em Neuropediatria Camila Albues trouxe para Mato Grosso o Exoesqueleto Flexível Método Treini 7.

Para oferecer o tratamento, a equipe da Clínica Vital Kids Fisioterapia Infantil passou por treinamento e se tornou a única franquia da região a oferecer o método com exclusividade.

O Exoesqueleto Flexível é individual para cada criança de acordo com a sua necessidade, segundo Camila Albues “a diferença é visível quando o paciente está no seu padrão normal e quando montamos o exoesqueleto flexível,  usando manuseios do Bobath, alinhando a postura,  com tratamento intensivo”.



A fisioterapeuta esteve recentemente em Chicago, nos Estados Unidos, fazendo Curso Avançado do Bobath em Integração Sensorial com Oaci Veronezi, em busca de manuseio do Bobath Avançado para aplicar ao Exoesqueleto Flexível e as roupas do Pediasuit.

O Pediasuit é um tratamento intensivo que utiliza roupas da Naza, no qual a Clínica Vital Kids é pioneira desde 2012. “Aqueles que necessitam de uma intervenção terapêutica desses pequenos atos do dia a dia não precisam mais recorrer aos grandes centros em busca de tratamento, pois Mato Grosso já conta com esse diferencial”, conclui Albues.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet