Olhar Conceito

Quarta-feira, 14 de abril de 2021

Notícias / Artes Cênicas

teatro da ufmt

Cena Livre de Teatro realiza seletiva e inicia atividades de 2019

Da Redação - Isabela Mercuri

27 Fev 2019 - 17:08

Foto: Xico Macedo

Cena Livre de Teatro realiza seletiva e inicia atividades de 2019
O Cena Livre de Teatro realizou, no último sábado (22), um processo seletivo externo, no Centro Cultural da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Cerca de 56 pessoas participaram, e, para concorrer às vagas, foram divididos em grupos e tiveram que criar esquetes.

Leia também:
Espetáculo ‘O Vendedor de Sonhos’, de Augusto Cury, chega ao Teatro da UFMT 

De acordo com a assessoria, o retorno das atividades da companhia teve orientação do dramaturgo Joelson Jogosi, por meio de seus estudos sobre o diretor polonês Jerzy Grotowski, baseando-se no livro "Em busca de um teatro pobre". "O Cena Livre acredita que, além da parte prática, é preciso um trabalho de reflexão sobre aquilo que está sendo feito. E como a gente faz essa reflexão? A partir de quem já pensou metodologicamente o teatro", explica Leandro Britto, oficineiro do coletivo e artista do Solta Cia. de Teatro.
 
As apresentações dos candidatos foram avaliadas por uma Comissão Avaliadora que tinha Benone Lopes, artista da Solta Cia. de Teatro, como um dos integrantes. "Eu penso que o Cena Livre, aqui em Cuiabá, é um dos maiores celeiros de artistas que a gente tem num curso livre, aberto à comunidade", afirmou.

Também participaram da bancada Leosan Sampaio, egresso da instituição de ensino e fundador do grupo, Ana de Mello, Fabiola Karen, Joelson Jogosi, Leandro Brito e Lucas Lemos, que também compõe o núcleo pedagógico do coletivo artístico. 

Benone destaca que o curso da Cena Livre é o único na área de teatro da UFMT. Segundo ela, as expectativas para 2019 são de se aproximar de uma linguagem acadêmica. Leosan, diretor geral, completa: "Esse ano é um ano de sequência de bons frutos, ano passado estivemos em evidência ao sediar o I Encontro Mato-Grossense de Artes Cênicas, onde tivemos a reunião das três instituições públicas de ensino para debater e fomentar as artes em nosso estado, mas é exatamente disso que se trata o nosso grupo: suscitar as artes em nosso estado, criar redes de sustentabilidade entre os artistas e nos aproximarmos cada vez mais do público. Assim continuaremos em 2019".

Lucas Lemos, aluno do 4° ano de Letras da UFMT e um dos colaboradores do Cena, pontua que a tendência para esse ano  "é deixar mais substancial a nossa pedagogia, no sentido de alinhar nosso fazer artístico com as teorias teatrais". O artista se mostra otimista em relação à nova fase do grupo. "A gente quer transpor os muros da universidade, ocupando outros pólos culturais em Cuiabá, formar mais pesquisadores e, oferecer mais intervenções urbanas para a sociedade. Inclusive trabalhamos em um novo projeto comercial ainda para o primeiro semestre desse ano, o "Cápsulas de Humor". A seletiva para o ano de 2019 já se encerrou, e o coletivo abrirá novo edital em 2020.
 
O coletivo Cena Livre de Teatro foi concebido em abril de 2016, através de experimentações teatrais livres. A Confraria H, como foi chamada inicialmente pelos alunos da faculdade de História da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), se tornou curso de extensão pela instituição ainda em 2017. Na época, o projeto de pesquisa foi coordenado pela professora Ana Maria Marques, e orientado por Leosan Sampaio.
 
Comemorando três anos de atuação em 2019, o coletivo já se apresentou em diversos eventos da UFMT, no Teatro Universitário, além do Cine Teatro Cuiabá. Para saber mais e acompanhar o Cena Livre de Teatro, acesse a fanpage do grupo no Facebook, www.facebook.com.br/cenalivredeteatro, e no Instagram, @cenalivreufmt.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet