Olhar Conceito

Terça-feira, 14 de julho de 2020

Notícias / Cuiabá 300 anos

Há 110 anos, a primeira bola de futebol chega em Cuiabá por um padre italiano; saiba local do primeiro jogo

Da Redação - José Lucas Salvani

08 Abr 2019 - 14:05

Foto: Reprodução

Há 110 anos, a primeira bola de futebol chega em Cuiabá por um padre italiano; saiba local do primeiro jogo
Era 1909, chegava em Cuiabá a primeira bola de futebol, trazida diretamente pelo padre italiano Salesiano Antônio Malan. Quatro anos depois, o primeiro jogo de futebol acontecia no Campo D’Ourique, em um jogo histórico entre os times Internacional e Cuiabá, conforme explica o escritor Aníbal Alencastro em entrevista ao Olhar Direto.



Leia mais:
Conheça a historiadora que há 23 anos transcreve documentos importantes de Cuiabá

A primeira bola de futebol chegou em Cuiabá 15 anos depois de sua chegada ao Brasil. A bola foi trazida ao país por Charles Müller, paulistano filho de um inglês, trazendo também consigo um conjunto de regras. A primeira partida nacional aconteceu em 1895, enquanto a primeira partida em Cuiabá só ocorreu 18 anos depois no Campo D’ Ourique, atual Praça Pascoal Moreira Cabral, localizada no centro da capital mato-grossense, abrigando a sede da Câmara Municipal.

O primeiro jogo de futebol cuiabano aconteceu entre os times Internacional e Cuiabá e, inclusive, contou com a presença do então Presidente do Estado, equivalente a governador para os dias de hoje, Joaquim Costa Marques.

De um lado, a equipe do Cuiabá era formada pelos jogadores Fernando Corrêa (duas vezes governador de Mato Grosso), Danglars Canavarros, Aristides Figueiredo, Mario Esteves, Alcindo de Siqueira, José de Souza Vieira, Francisco Mendes. Do outro, o Internacional, com Gustavo Kulman, Aristides do Prado e Leovelgídio de Melo.

O Campo D’ Ourique, anos mais tarde, se tornou o local “oficial” de treinamento do time Tiradentes que, segundo João Moreira de Barros, do livro “Cuiabá e seu Passado”, não existe mais. O Tiradentes era um grande rival do Tupy, outra equipe que surgiu na mesma época. O primeiro era dito como o time dos ricos, enquanto o segundo como o time dos pobres.

Prova de tal título ao Tupy, José Aníbal Bouret Filho foi quem fundou o time, assumindo qualquer posição - dentro e fora de campo - que exigisse seu comprometimento para que o time se mantesse firme. Ele era “goal keeper”, o goleiro como era denominado na época, mas também comprava equipamentos e estrelas do futebol chileno para escalar em seu time.

A rivalidade entre os dois era tamanha que o Cuiabá acabou perdendo parte de seu espaço no meio futebolístico da capital, mas isto não impediu com que outros times começassem a se estabelecer. Surgiram também as equipes Destemido, Paulistano e Comercial. Este último chegou até mesmo a construir um campo próprio, onde hoje fica localizada a Praça General Mallet.


A profissionalização do futebol em Cuiabá aconteceu por volta da década de 1940. Em 1942 foi inaugurado o primeiro estádio aos moldes padrões do futebol, com arquibancadas e outras modernidades da época, localizado nos fundos do Colégio Estadual de Mato Grosso, conforme Aníbal.

Aníbal Alencastro explica que é neste momento em que o futebol na cidade começa a se profissionalizar de fato. Não para menos, a data de inauguração do estádio coincide com a fundação da Federação Mato-grossense de Futebol.

Anos mais tarde à inauguração, outros dois importantes estádios surgem no país: Presidente Dutra e Governador José Fragelli. Este último acabou por ser demolido em 2010 para que fosse construído o complexo Arena Pantanal, devido ao mundial de 2014, visto que a capital mato-grossense foi um das 12 sedes espalhadas pelo Brasil.

Atualmente, um dos grandes destaques do futebol profissional da capital é o Cuiabá Esporte Clube que no ano passado conquistou uma vaga na Série B por conta de seu desempenho. A estréia do time na nova série acontece no dia 4 de maio, contra o Operário (PR), que o venceu no Campeonato Brasileiro da Série C em 2018.

Apesar do reconhecimento dado ao futebol na cidade ao longo das décadas e de sua profissionalização, ainda há espaço para o amadorismo com o clássico Peladão. O campeonato formado por jogadores bairristas é reconhecido ao ponto de ter sua final na Arena Pantanal no ano passado. O Peladão é mais uma prova de que o futebol está enraizado no coração cuiabado há mais de 100 anos.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Moyses
    08 Abr 2019 às 15:08

    A primeira partida nacional aconteceu em 1895, enquanto a primeira partida em Cuiabá só ocorreu 72 anos depois no Campo D’ Ourique, atual Praça Pascoal Moreira Cabral, localizada no centro da capital mato-grossense, abrigando a sede da Câmara Municipal. Discordo, isso seria em 1967....???? já tínhamos tido varios campeonatos no dietinha...

Redes Sociais

Sitevip Internet