Olhar Conceito

Quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Notícias / Gastronomia

Em Cuiabá para aula-show, Fogaça reconhece expansão do mercado de carnes nobres

Da Redação - Isabela Mercuri

15 Ago 2019 - 15:36

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Em Cuiabá para aula-show, Fogaça reconhece expansão do mercado de carnes nobres
O jurado do programa Masterchef Henrique Fogaça está em Cuiabá para ministrar uma aula-show, que acontece na noite desta quinta-feira (15), na Musiva. Nesta tarde, ele participou de um ‘bate papo’ com a imprensa local na Urus SteakHouse, e reconheceu a expansão do mercado de carnes nobres.

Leia também:
MasterChef Henrique Fogaça vem a Cuiabá ministrar 'palestra-show'

Fogaça é proprietário do restaurante ‘Sal Grosso’, no Rio de Janeiro, e afirma que até mesmo os clientes já cobram cortes diferentes, com mais marmoreio, e de diferentes raças. “É engraçado porque steakhouse, casa de carnes, tem no mundo todo. É um mercado muito aberto. É diferente eu ir para um país qualquer e abrir um restaurante de culinária brasileira”, disse. “É um mercado que está em expansão. Existem as churrascarias há muito tempo, que é uma coisa muito brasileira, mas esse foco na qualidade do gado, na forma de tratamento, na forma de abate, do confinamento, eu acho que está em alta. O povo está procurando esse cuidado com a carne”.

Apesar do crescimento, o chef optou por ensinar o público cuiabano a preparar um prato com frutos do mar no ‘Show Gourmet’. “Vou ensinar um risoto de polvo, uma receita que eu tenho no restaurante, com açafrão. É uma receita simples, mas para sair um pouco do que é comum aqui”.

O evento possui viés beneficente: os ingressos foram vendidos por um preço fixo mais um litro de leite, e o que fori arrecadado será doado à ‘Comunidade Missão Enchei-Vos’. Além disso, de 20 a 30 crianças da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) e seus pais poderão participar do evento sem nenhum custo.

“A gente vive em uma sociedade muito desigual em muitas partes. Tem muitas pessoas que precisam de certo cuidado, de atenção, então através da gastronomia eu procuro sempre estar envolvido em projetos sociais, levantando essa bandeira, porque a gente é só mais um no mundo, e eu acho que todos tem direito de ter a oportunidade de ter uma vida melhor, de comer melhor, o que seja. A gente tem que se doar um pouco, eu bato muito nessa tecla comigo mesmo”, completou o chef.

O chef Hugo Rodas, do restaurante Seu Majó, vai abrir o evento. Ele vai ensinar o público a fazer uma moqueca de pintado. "Vou pegar uma fusão da moqueca baiana, que é da origem do meu avô, e fazer com o peixe daqui, o pintado", explica. "Vou ensiná-los no palco a fazer o próprio leite de coco – não vou usar o industrializado. Vai ser uma coisa dinâmica, mas mais simples, mais fácil, porque vai ter gente lá que é da gastronomia, mas vai ter gente também que não é".

11 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Bainho
    16 Ago 2019 às 10:16

    O cara não tem dó do couro dele, se pinta todo, vai ter dó do couro do outro? Tô fora desse ateu.

  • Zeca
    16 Ago 2019 às 09:33

    Quem gosta de restaurante para comer e beber bem, são os católicos. Os protestantes em sua maioria não bebem nem frequentam locais como restaurantes, churrascaria, etc. Aí o cara vai e fala mal da igreja católica. Não passo nem perto de um sujeito desses. Aliás, morro de medo de ateus! Vou comer um peixinho na no São Gonçalo Beira Rio de boa. Lá tem imagem de santo, pai velho, Iemanjá, etc. Mas as pessoas lá tem fé.

  • Junior
    16 Ago 2019 às 09:25

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Luis
    16 Ago 2019 às 08:24

    E nós, cuiabanos, reconhecemos que ele ultrajou a imagem da Igreja Católica e, apesar dos pedidos de perdão, o perdoamos, mas não iremos ao evento.

  • Marcinho
    16 Ago 2019 às 07:36

    Aqui em Cuiabá,nois come ossinho com mandioca,xo mano...

  • Jocelio
    15 Ago 2019 às 19:59

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Antonio
    15 Ago 2019 às 18:39

    Pelo menos não veio a Cuiabá ofender a igreja católica com suas camisas. Não participo de eventos com pessoas maldosas na sua essência.

  • Paolo
    15 Ago 2019 às 18:21

    Pior é ter "inteligentes" que pagam pra ver esse curva de rio...só Cuiabá mesmo.

  • Carla
    15 Ago 2019 às 18:10

    Esses cozinheiros tão se achando. Nem de graça vou nesse evento.

  • Daniel Boone
    15 Ago 2019 às 17:50

    Concordo com o colega: Cuiabá anda mal frequentada atualmente.

Redes Sociais

Sitevip Internet