Olhar Conceito

Domingo, 25 de outubro de 2020

Notícias / Cinema

'Black Cine' exibe documentários de temática racial nesta terça-feira

da Redação - Isabela Mercuri

19 Nov 2019 - 09:49

Foto: Reprodução / Facebook

Filme vencedor da Maual está na programação

Filme vencedor da Maual está na programação

Em alusão ao Dia da Consciência Negra, a ‘Sessão Black Cine’ exibe, na tarde desta terça-feira (19), três documentários que tratam da temática racial. São eles: “O protagonismo da mulher negra na Academia”, “Kbela” e “Como ser racista em 10 passos”. A exibição acontece a partir das 14h30 no campus Campus Universitário do Araguaia da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em Barra do Garças (516km de Cuiabá), sala 219.

Leia também:
Oficinas de penteado e Afrohouse marcam Dia da Consciência Negra; saiba onde se inscrever
 
A sessão é realizada em parceria com o Coletivo Negro CorAge, e tem como objetivo debater sobre a resistência, a força, a luta e os preconceitos que a população negra viveu e ainda vive na sociedade.
 
‘Universidade de cor: o protagonismo da mulher negra na Academia’ é uma obra que faz uma análise sobre o protagonismo da mulher negra na universidade, no que se refere aos desafios da entrada e permanência na Academia, com comentários sobre vivência acadêmica e pessoal das entrevistadas.
 
O documentário, com duração de 28 minutos, foi produzido pelos estudantes Layra Santana e Gabriel Green, do curso de Jornalismo da UFMT do Araguaia, como atividade da disciplina de Fundamentos da Cultura Brasileira e Regional, ministrada pelo professor Gesner Duarte, em 2018.
 
Já o documentário ‘Kbela’, produzido em 2015 no Rio de Janeiro, com duração de cerca de 19 minutos, mostra mulheres negras que tinham cabelos alisados e passaram pelo processo de transição para assumir os crespos e sua beleza natural.
 
Por fim, o cuiabano ‘Como ser racista em 10 passos’ aborda situações racistas que acbabam naturalizadas no dia a dia dos negros, e silenciadas pela sociedade. O documentário leva o público a refletir sobre essas situações. O filme tem duração de 13 minutos e direção de Isabela Ferreira.
 
Após a exibição dos documentários, será aberto espaço para debate com a presença do Coletivo CorAge, do professor Valdeir Ribeiro e das acadêmicas do curso de Jornalismo Graziela Godwin e Larissa Alves. Haverá, ainda, distribuição de pipoca e quem participar da sessão terá direito a certificado de cinco horas.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet