Olhar Conceito

Terça-feira, 14 de julho de 2020

Notícias / Moda

Evento solidário convida jovens de comunidades carentes a desfilar os 'clichês da rua'

da Redação - Isabela Mercuri

20 Nov 2019 - 08:45

Foto: Divulgação

Evento solidário convida jovens de comunidades carentes a desfilar os 'clichês da rua'
Jovens das comunidades ‘Rio dos Peixes’ e ‘Aguaçu’ participam, na próxima quinta-feira (21), da primeira edição do ‘Desfile Solidário’ realizado pela marca social ‘Clichês da Rua’. O evento, com o tema ‘Unicidade’, acontecerá no Sesc Arsenal a partir das 19h e vai arrecadar alimentos não perecíveis e, por isso, para entrar é preciso levar 1kg e trocar pelo ingresso.
 
Leia também:

Publicitário que já vestiu Pablo Vittar e Anitta inaugura galeria-bar em Cuiabá

As doações arrecadadas serão destinadas às famílias da comunidade de Aguaçu (40km de Cuiabá). Além da distribuição de alimentos, o desfile tem por objetivo gerar oportunidades para jovens de comunidades carentes, mostrar a coleção de roupas por meio do desfile e também fazer uma intervenção face a face com as pessoas que estarão assistindo o evento.
 
Na dinâmica, serão usados vários espelhos ao redor da passarela, segundo a assessoria, para demonstrar que cada ser humano é insubstituível para o mundo. "Queremos levar essa mensagem para a sociedade. Cada um é único e insubstituível, e acreditamos que nada como conversar com a auto-estima do público para abordar o assunto e nisso motivar a transformação social", afirma Talissa Briante, criadora da marca e cofundadora do grupo de voluntários.

No evento também acontece o lançamento da música 'Antidepressivo Ambulante', criada pelo grupo e que será apresentada por uma banda formada com os próprios voluntários do Clichês na Rua, a ‘Clichês Music’. Também estão na programação outras atrações musicais.

Clichês na Rua
 
O ‘Clichês na Rua’ nasceu em 2015 com o intuito de contribuir motivacionalmente para o bem-estar pessoal e da sociedade, utilizando da arte do lambe-lambe. Em 2016, nasceu também a marca social, para arrecadar dinheiro para viabilizar os projetos do grupo.
 
Atualmente, o movimento social e a marca social, juntos, contém mais de 120 voluntários de várias idades. Talissa Briante, umas das cofundadoras do grupo Clichês Na Rua e a criadora da marca, presta serviços voluntários a comunidades carentes desde 2011. Seu sonho sempre foi unir a moda à solidariedade.

Hoje, com a venda dos produtos - como camisetas, canecas, adesivos e mini blocos de mensagens – o grupo consegue destinar parte do dinheiro às ações sociais. O restante é reinvestido na marca social.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Jurema Santiago
    20 Nov 2019 às 11:05

    Vão trabalhar que rende mais. Cada coisa...

Redes Sociais

Sitevip Internet