Olhar Conceito

Notícias / Religiosidade

Ex-assembleiana, drag Queen se torna pastora da primeira igreja inclusiva de Cuiabá

da Redação - Isabela Mercuri

25 Nov 2019 - 14:48

Foto: Arquivo Pessoal

Kauanny montada (à direita) e sem se montar (esq.)

Kauanny montada (à direita) e sem se montar (esq.)

Nascida de uma família conservadora e tradicional de membros da igreja Assembleia de Deus, a cuiabana Kauanny Garcia viveu por muitos anos, como ela mesma diz, ‘no armário’. Foi em São Paulo que ela conheceu no ‘Evangelho Inclusivo’, se descobriu drag Queen e tornou-se pastora. Hoje, ela está na luta para abrir as portas da primeira igreja inclusiva de Cuiabá, que atualmente atua somente em células na casa dos fieis.

Leia também:
Em MT, irmãs se dividem entre estudos e tranças: “têm importância na autoestima de meninas negras”

A grande inspiração de Kauanny foi a pastora Rosânia Rocha, e sua esposa Lanna Holder, que mantém um ministério inclusivo em São Paulo. “Eu fui para o ministério cidade de refúgio, onde começamos a nossa caminhada de fé no evangelho inclusivo”, contou ao Olhar Conceito. “É um evangelho que te acolhe da maneira como você é, até porque Jesus te fez daquela forma e te aceita como você é”.

Depois de conhecer o ministério, Marcello Moura criou a Kauanny, sua drag Queen, e passou a pregar tanto como homem, quanto como a drag. “Eu fui uma das primeiras pastoras drag Queen a ser levantada no evangelho inclusivo no Brasil. [Antes] Se pregava muito que não podia se montar, que não podia ser travesti, trans, porque Jesus não aceitava. A pastora Lanna foi a primeira a quebrar o tabu, a falar que Deus nos aceita da maneira que nós somos”, lembra. “Ela mesmo, quando se assumiu e casou com a Rosana, foi a primeira a raspar a cabeça, trocar suas vestes, e caminhar como homem’”.

O exemplo de Lanna deu forças a Kauanny, e ela se tornou pastora de uma igreja em Carapicuíba. Decidiu voltar para Cuiabá por amar sua terra, e ter vontade de mostrar aos LGBTQ+ daqui que há um caminho na fé também para eles. “Vi que aqui tem aumentado o número da mortalidade no meio LGBT, o preconceito tem sido muito grande, e muitos têm entrado em depressão... porque a família não aceita, as pessoas não aceitam. Então eu decidi voltar e trazer essa visão transformadora, mostrar que nós podemos ser cristãos e ser como somos”.

Por enquanto, a igreja só funciona em células na casa das pessoas. A vontade de Kauanny é unir uma comunidade para, em breve, alugar um salão, onde serão realizados os cultos. Segundo ela, a maior parte dos fieis da Igreja Inclusiva vêm de outras denominações, onde foram rejeitados, mas também há aqueles que se tornam cristãos depois de conhecer este ministério.

A chegada desta igreja tem incomodado outros fieis. “Somos muito perseguidos, falam que a gente prega um evangelho morto, hipócrita, mentiroso, que Jesus não aceita esse tipo de pessoa, que no fundo nós iremos para o inferno... sabendo que no fundo mesmo Jesus nos aceita como somos”, afirma. “Eu levo na esportiva, e quando passa para a bíblia eu procuro mostrar textos que relatam e explico, dentro da teologia inclusiva, o que realmente aquele texto quer dizer”.

Quem quiser conhecer a igreja inclusiva ou fazer um encontro de célula em sua casa, basta entrar em contato com a pastora pelo (65) 98446-6068.

28 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Flavio Benedito de Souza
    27 Nov 2019 às 10:24

    Tal qual jabuticaba, só existem esses antagonismos nessa terra, como diziam os europeus: Ultra aequinoxialem non peccari (aquém da linha do Equador não existe nenhum pecado).

  • LUNETA
    27 Nov 2019 às 07:02

    CERTA VEZ VI UM ÁUDIO DE UM POLICIAL EVANGELHO DIZENDO ASSIM: MUITAS CRIANÇAS NÃO TEM ACESSO À BÍBLIA. ELAS CRESCEM E QDO NA FASE ADULTAS, COMETEM CRIMES. ALGUMAS SÃO PRESAS E SÓ NA CADEIA TERÃO ACESSO AO LIVRO SAGRADO. SE O CAMINHO FOSSE INVERSO, NÃO TERIAM SIDO PRESAS PORQUE EXISTIRIA NELAS, DEUS NO CORAÇÃO. NINGUÉM É PERFEITO OU PODE EXIGIR PERFEIÇÃO DO SEU SEMELHANTE MAS SE ESTE ESTÁ DIFUNDINDO A PALAVRA DE DEUS E NÃO DO ÓDIO, TEMOS MAIS É QUE APLAUDIR.

  • eLY
    26 Nov 2019 às 19:03

    Realmente, JESUS AMA A TODOS SEM DISTINÇÃO ALGUMA.AGORA A PESSOA tem a obrigação de ter conhecimento dos ensinamentos bíblicos quer goste ou não.Todos tem o livre arbítrio e devemos respeitar. No máximo que nós cristãos devemos fazer é acolher e depois mostrar a verdade do Evangelho sem ter nenhum menosprezo pelo irmão.Deus abençoe.

  • protestante sensato
    26 Nov 2019 às 11:10

    A igreja não é pra agradar os evangélicos hipócritas, é Uma forma de fazer oque VCS NÃO TEM COMPETÊNCIA DE FAZER. Quem trabalhar na vida de cada um é JESUS CRISTO E NÃO O PASTOR QUE DEITA COM AS VAROAS NOVINHAS DA IGREJA. NINGUEM TA CONVIDANDO CRENTE NEHUM PRA IR.. DEIXA PRA É QUEM É EXCLUÍDO DAS IGREJAS TEREM PELO MENOS UM CONTATO COM EVANGELHO. DEUS É QUEM OPERA...SEUS HIPÓCRITAS!!!

  • Mary
    26 Nov 2019 às 11:03

    É lamentável ver esses comentários ,pois quem lê realmente Bíblia vai ver e entender que DEUS ama a todos sem excepções de pessoas ...portanto ELE Ama o pecador ,mais abomina o pecado. Está claro isso na BÍblia basta vcs fazerem uso da palavra de DEUS.

  • extraterrestre
    26 Nov 2019 às 10:14

    "Com homem não te deitarás, como se fosse mulher abominação é" Levítico 18:22

  • Nascimento
    26 Nov 2019 às 10:07

    2 Timóteo 3 1 Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. 2 Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, 3 Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, 4 Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, 5 Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.

  • Vettel
    26 Nov 2019 às 10:01

    Aí "mana" sei não se vai dar certo esse "negócio" de igreja gay aqui em Cuiabá! Nem o Ar daqui é fresco!

  • Zé Brumado
    26 Nov 2019 às 09:26

    Madalena não foi acolhida, apenas salva de morrer apedrejada. Jesus apenas disse a ela, "vá e não peques mais". Isso não é acolhimento.

  • Chico Bento
    26 Nov 2019 às 09:22

    Elias, cidadã e Antônia, o que vocês dizem não tem nada a ver com a matéria e muito menos com a bíblia. Deixem de ser hipócritas, com Jesus disse e fiquem calados no vosso erro perante a interpretação da palavra!

Redes Sociais

Sitevip Internet