Olhar Conceito

Quarta-feira, 28 de outubro de 2020

Notícias / Comportamento

Crianças internadas no HMC recebem brinquedos da primeira-dama no Natal

da Redação - Isabela Mercuri

26 Dez 2019 - 10:42

Foto: Vicente Aquino

Crianças internadas no HMC recebem brinquedos da primeira-dama no Natal
Crianças internadas na ala pediátrica do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) receberam da primeira-dama Márcia Pinheiro diversos brinquedos de presente de Natal. A ação foi realizada em conjunto com os voluntários do Núcleo de Apoio à Primeira-dama e teve apoio institucional de profissionais da Secretaria Municipal de Saúde.

Leia também:
Família trabalha junto para fazer ceia de Natal para crianças carentes: “Eles pediram churrasco”

De acordo com a assessoria, a ação integra um conjunto de ações sociais programadas pelo núcleo neste período de festividade de final de ano. Além dos brinquedos, a primeira-dama promoveu a entrega de alimentos por meio do Natal Sem Fome, tradicional campanha de arrecadação de alimentos.

“Procuramos promover essas ações de solidariedade estimulados pelo clima natalino e toda a atmosfera que essa data nos envolve. Nesse caso, trouxemos o papai Noel e alguns mimos para que a recuperação dessas crianças seja mais rápida. Que elas tenham motivos para sorrir e se alegrar e assim possam evoluir em seus quadros e deixar o hospital o quanto antes porque esse é o nosso desejo”, afirmou Márcia.

Maria Almeida Teixeira, enfermeira, afirmou que estudos científicos comprovam que esse tipo de ação que visa proporcionar, ao paciente internado, afeto, carinho e humanização impacta na melhoria do processo de recuperação clínica.

“Nós percebemos que é um momento único. Existem algumas crianças que permanecem muito tempo internadas e quando fazemos essas ações, percebemos a alegria e o sentimento de pertencimento por parte delas. Com certeza isso ajuda na recuperação porque, logo a pouco, tinha uma criança paciente com crise alérgica intensa e ela teve uma melhora clínica significativa no emocional e isso impacta no físico. Todas essas questões mais humanas favorecem na recuperação, existem pesquisas que comprovam esse comportamento”, disse.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet