Olhar Conceito

Terça-feira, 20 de outubro de 2020

Notícias / Comportamento

Santuário de Chapada dos Guimarães receberá mais uma elefanta da Argentina: Mara

da Redação - Isabela Mercuri

31 Dez 2019 - 08:42

Foto: Divulgação

Santuário de Chapada dos Guimarães receberá mais uma elefanta da Argentina: Mara
O Santuário de Elefantes Brasil (SEB), localizado em Chapada dos Guimarães, receberá mais uma moradora em breve: Mara, uma elefanta que vive na Argentina, de 50 anos. Ela já tem suas licenças de importação e exportação, mas precisa aguardar um resguardo de 30 dias antes de enfrentar a viagem.

Leia também:
Reportagem do ‘Bom Dia Brasil’ mostra como Santuário de Elefantes transformou a flora de Chapada

Atualmente, vivem no Santuário três elefantas: Maia, Rana e Lady. Ramba, que havia chegado em outubro, morreu no último dia 26 de dezembro, e Guida, uma das primeiras que chegaram, morreu em junho deste ano.

Mara foi uma elefanta de circo e tem histórico de maus tratos. Atualmente, ela reside no Ecoparque Buenos Aires (anteriormente o zoológico de Buenos Aires), Ecoparque instituição que está mudando seu modelo, e tem como uma das mudanças o remanejamento de espécies exóticas para santuários adequados, incluindo seus elefantes. Por este motivo, o transporte da elefanta será pago pelo Ecoparque.

A caixa de transporte de Mara já chegou ao local, mas ela ainda vai esperar os 30 dias para sair da Argentina. Hoje, ela divide seu habitat com duas fêmeas africanas, mas elas não compartilham do mesmo espaço concomitantemente: quando Mara está fora, as outras duas estão dentro, e vice-versa. No geral, ela apresenta boa saúde, com alguns problemas moderados nas patas.

O Santuário precisará de doações para algumas despesas de viagem, como o dos carros a serem alugados e as passagens aéreas para a equipe. No entanto, o maior valor (do transporte da elefanta) será pago pelo Ecoparque da Argentina.

O Santuário de Elefantes Brasil foi criado pela publicitária Junia Machado. Sua preocupação com estes animais é antiga e, após muita pesquisa, em parceria com a ONG Elephant Voices e com o Santuário do Tenessee, ela encontrou a área para realizar seu sonho.

Sua implantação e funcionamento contam com apoio de duas instituições internacionais dedicadas a elefantes. A Global Sanctuary for Elephants (GSE) dá suporte à implantação de santuários e treinamento para tratadores. A ElephantVoices pesquisa comportamento de elefantes na natureza.

Toda a manutenção do projeto vem de doações e a colaboração pode ser feita de diversas maneiras e com qualquer valor.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet