Olhar Conceito

Domingo, 25 de outubro de 2020

Notícias / Comportamento

Alunas e professora de MT criam vaquinha para participar de olimpíada de matemática na Tailândia

Da Redação - José Lucas Salvani

06 Jan 2020 - 16:45

Foto: Reprodução

Alunas e professora de MT criam vaquinha para participar de olimpíada de matemática na Tailândia
As alunas Marina Alves Pires da Silva Lima e Vanessa Santana Freitas, ambas de 13 anos, e sua professora, Rúbia Araújo Coelho, criaram uma vaquinha para arrecadar dinheiro para poder participar da Olimpíada Internacional de Matemática (IPMC) em Bangkok, na Tailândia. O evento acontece nos dias 7 e 11 de fevereiro, mas a inscrição precisa ser paga no dia 27 de janeiro. No total, o trio precisa de R$ 40 mil.

Leia mais:
IFMT abre vestibular com 504 vagas em 14 campi; inscrições gratuitas

Marina e Vanessa foram escolhidas entre os demais alunos por se destacarem. “São extremamente comprometidas. São autonomas, trabalham e estudam muito. Elas são extremamente responsáveis para representar a escola. Estão muito felizes”, conta a professora ao Olhar Conceito.

O convite surgiu no dia 11 de dezembro de 2019, após a Escola Estadual Dunga Rodrigues, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, onde as alunas são matriculadas, participou de uma das etapas das Olimpíadas, em maio do ano passado. A escola foi medalhista de bronze, logo foi uma das convidadas a participar da delegação brasileira e competir em um dos “braços” da Olimpíada.

“Em maio, a prova era em conjunto. Todos os alunos de uma turma fizeram em conjunto essa prova. Encaminhamos as melhores provas para São Paulo, onde ela foi corrigida. (...) Entre Cuiabá e Várzea Grande, só a nossa ganhou medalha de bronze, só a nossa obteve classificação”, conta a professora.

A viagem para a Tailândia sai por volta de R$ 40 mil no total, de acordo com a professora. Inicialmente, iriam três alunas e a professora, mas como o montante chegou a R$ 60 mil se fosse o quarteto, preferiu-se ir somente duas estudantes e a docente. Entre os gastos, a passagem está entre R$ 6 mil e R$ 7 mil, e a inscrição, que inclui a estadia, custa R$ 4 mil à vista e R$ 5,3 mil a prazo. A inscrição precisa ser paga até o dia 27 de janeiro.

A professora explica que entrou em contato com a Secretaria de Estado da Educação de Mato Grosso (Seduc-MT) para solicitar apoio financeiro mas, na época, não recebeu qualquer resposta da pasta. Somente após alguns veículos noticiarem a ida das alunas que obteve um parecer, mas até o momento nada foi firmado quanto ao apoio financeiro. O Olhar Conceito entrou em contato com a Seduc e a pasta informou que está "somando esforços" para ajudar financeiramente.

Mesmo com a incerteza quanto a ida, a professora revela estar muito feliz com o reconhecimento dado aos alunos da escola onde atua. “Não temos a estrutura que nós queríamos, mas o quadro de professores é muito bom, os alunos têm muito potencial. Então nós ficamos muito felizes porque foi realmente reconhecido um trabalho e esforço de muitos anos”, comemora.

Confira a nota da Seduc na íntegra:

Em relação a participação da Escola Estadual Dunga Rodrigues na Olimpíada Internacional de Matemática, a Seduc apoia e parabeniza toda a comunidade escolar pela conquista. A Seduc informa que está somando esforços e estudando uma forma de ajudar financeiramente a escola para que participe do evento.

Atualizada às 17h57.
 

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet