Olhar Conceito

Quarta-feira, 03 de março de 2021

Notícias / Religiosidade

Para seguir liturgia da Igreja, enfeites de Natal em Cuiabá serão retirados após ‘batismo de Jesus’

da Redação - Isabela Mercuri

07 Jan 2020 - 17:04

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Para seguir liturgia da Igreja, enfeites de Natal em Cuiabá serão retirados após ‘batismo de Jesus’
Ao contrário do que diz a tradição popular, a liturgia da igreja Católica entende que os enfeites de Natal devem ser retirados após a data em que foi celebrado o batismo de Jesus. Em 2020, este dia acontece no próximo domingo (12) e, por isso, a decoração segue até 13 de janeiro.

Leia também:
Com decoração especial, ‘Magia do Natal’ segue até 12 de janeiro em Chapada dos Guimarães

A confusão acontece, segundo o pároco da Paróquia Mãe dos Homens, Izaias Bernardo Monteiro da Silva, porque o dia 6 de janeiro, conhecido como ‘Dia de Reis’, seria o dia em que os três reis magos visitaram Jesus.

No entanto, segundo o padre, guardando o calendário litúrgico da igreja, o período do Natal se encerra com a festa do batismo de Jesus, que acontece este ano no próximo domingo (12).

“A solenidade do Batismo do Senhor é uma festa móvel, sem data fixa, ela acontece após a Epifania. Em 2020, a Epifania do Senhor foi celebrada no dia 05 de janeiro, domingo passado e o Batismo do Senhor será dia 12 de janeiro. Logo, os cristãos devem retirar os enfeites no dia 13, segunda-feira”, explica.

Segundo a primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, a Árvore de Natal e o presépio fazem parte de todo o período do Natal. "Retirar o Presépio e a árvore de Natal antes da data específica significa encerrar o ciclo natalino antecipadamente, retirando todos os símbolos e esquecendo que ainda estamos vivenciando o Natal. Por isso iremos manter esta tradição milenar e só vamos retirar os enfeites no dia 13”, afirma.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet