Olhar Conceito

Domingo, 25 de outubro de 2020

Notícias / Cinema

Após recesso, Cine Teatro retorna com filmes nacionais às terças-feiras

da Redação - Isabela Mercuri

08 Jan 2020 - 13:56

Foto: Divulgação

Após recesso, Cine Teatro retorna com filmes nacionais às terças-feiras
Acabado o recesso de final de ano, o Cine Teatro de Cuiabá retorna na próxima terça-feira (14) com uma programação de lançamentos nacionais, começando pelo sucesso ‘Bacurau’, seguido de ‘O Processo’ e ‘Divino Amor’. No final do mês, haverá ainda uma sessão especial em homenagem ao Dia da Visibilidade Trans.

Leia também:
Diretor de ‘Dois Papas’ e 'Cidade de Deus' cita mato-grossense como ‘promessa’ do cinema nacional

Vencedor do prêmio de ‘Melhor Filme’ no Festival de Cinema de Munique, aclamado pela crítica e pelo público, o filme ‘Bacurau’, de Kleber Mendonça Filho, será exibido no próximo dia 14 de janeiro, após ter lotado diversas sessões no Cine Teatro.

Bacurau é, segundo a sinopse, “Um filme de aventura e ficção científica”. Na história, pouco após a morte de dona Carmelita, aos 94 anos, os moradores de um pequeno povoado localizado no sertão brasileiro, que dá nome ao filme, descobrem que a comunidade não consta mais em qualquer mapa.

Na semana seguinte, dia 21 de janeiro, será a vez do documentário que mostra os bastidores do impeachment de Dilma Rousseff. ‘O Processo’, nome do filme, tem mais de duas horas de duração. Segundo entrevista da diretora ao G1, ele começou a ser feito para retratar a turbulência política que Dilma vivia em 2016, mas acabou retratando o impeachment e todo o processo de sua defesa.

O filme foi lançado em fevereiro de 2018 no 68º Festival Internacional de Cinema de Berlim, na mostra Panorama, que acontece paralela ao evento. Na obra, Dilma aparece somente falando à imprensa ou fazendo pronunciamentos, mas a diretora teve acesso a diversas reuniões decisivas.

‘Divino Amor’ será a exibição do dia 28 de janeiro. O filme de Gabriel Mascaro tem Dira Paes como atriz principal, interpretando Joana, uma escrivã de um cartórioo, profundamente religiosa e devota à ideia da fidelidade conjugal, que sempre tenta demover os casais que volta e meia surgem pedindo o divórcio. “Tal situação sempre a deixa à espera de algum reconhecimento, pelos esforços feitos. Entretanto, a situação muda quando ela própria enfrenta uma crise em seu casamento”, diz a sinopse.

No dia seguinte, 29 de janeiro, quarta-feira, o documentário ‘Bixa Travesty’ será exibido pela primeira vez em Cuiabá. O filme, dirigido por Claudia Priscilla e Kiko Goifman, estrela a cantora Linn da Quebrada, transexual negra. De acordo com a assessoria, o documentário “captura a sua esfera pública e privada, ambas marcadas não só por sua presença de palco inusitada, mas também por sua incessante luta pela desconstrução de estereótipos de gênero, classe e raça”.

Todos os dias, os ingressos custam R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia), cobrados como taxa de manutenção dos equipamentos do espaço. O estacionamento é gratuito no Palácio da Instrução, mediante apresentação do comprovante de entrada para o cinema. Os estacionamentos pagos também ficarão abertos durante as sessões e custam em torno de R$ 10 (na Rua Barão de Melgaço).

Serviço

14/01 – Bacurau
21/01 – O Processo
28/01 – Divino Amor
29/01 – Bixa Travesty
Horário: Sempre às 19h30
Ingressos: R$4 (inteira) e R$2 (meia)

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet