Olhar Conceito

Quinta-feira, 02 de julho de 2020

Notícias / Literatura

Edital de literatura recebe mais de 100 inscrições e vai pagar R$600 mil a projetos

da Redação - Isabela Mercuri

16 Jan 2020 - 14:01

Foto: Ahmad Jarrah / Secel

Edital de literatura recebe mais de 100 inscrições e vai pagar R$600 mil a projetos
O edital Estevão de Mendonça de Literatura Mato-grossense superou as expectativas e conseguiu 123 projetos inscritos, até o último dia 10 de janeiro. Destes, 96 são de obras literárias, e 27 são propostas de fomento à leitura. Após a seleção, 30 destes inscritos receberão, no total, um investimento de R$600 mil da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel).

Leia também:
Janina anuncia megastore de quatro andares com café, papelaria, espaço infantil e mais

“Estamos muito satisfeitos, principalmente por saber da importância dessa ação para o fortalecimento da produção literária e o acesso aos livros em Mato Grosso. A equipe de habilitação e avaliação terá muito trabalho pela frente, e nosso compromisso é continuar o processo com transparência e correção até o resultado final”, destaca o secretário Allan Kardec.

O prêmio será dividido entre 15 projetos de literatura, nas categorias poesia, juvenil, infantil, revelação e prosa (inclui romance, conto, crônica, peça teatral e novela) e mais 15 projetos de fomento à leitura (contador de história, mediador de leitura, formação de mediadores e oficina literária).

A organização do edital explica que, como desejado, houve significativa participação dos municípios do interior. “Especificamente em relação aos projetos de mediação de leitura, era um anseio das bibliotecas públicas ampliarmos as ações referentes à categoria. E esse edital trouxe um incentivo a mais para esses trabalhos de pequeno porte, mas que causam grande impacto na vida das pessoas”, ressalta a coordenadora do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas, Waldineia Almeida.

Segundo ela, o edital é importante para fomentar e multiplicar as ações isoladas, que são fundamentais nas comunidades onde são desenvolvidas para a formação do hábito de leitura entre os cidadãos. “Nem sempre são projetos com visibilidade, mas que fazem uma grande diferença na vida daquelas pessoas. Assim, o Estado está cumprindo seu papel de fomentar a produção literária e a leitura, ao mesmo tempo em que promove o encontro entre o leitor e o seu livro”, complementa.

O edital prevê descentralização dos recursos, de modo que 60% das propostas premiadas deverão ser de escritores, artistas e produtores de municípios do interior do Estado. Os outros 40% serão distribuídos entre os municípios da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá (Cuiabá, Várzea Grande, Nossa Senhora do Livramento e Santo Antônio de Leverger).

As inscrições acabaram dia 10 de janeiro. Agora, os processos serão habilitados e avaliados por uma comissão técnica de seleção, composta por profissionais de reconhecido mérito e competência no meio literário, acadêmico e cultural, com representantes da Secel e de instituições de ensino superior. Pelo cronograma, o resultado final será divulgado em 06 de março de 2020.

Todos as informações referentes ao edital estão publicadas e disponíveis no site www.cultura.mt.gov.br/editais. 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Redes Sociais

Sitevip Internet