Olhar Conceito

Quarta-feira, 28 de outubro de 2020

Notícias / Comportamento

Roda de conversa sobre resistência negra traz ativistas nacionais a Cuiabá

da Redação - Isabela Mercuri

22 Jan 2020 - 09:11

Foto: Divulgação

Subsecretária de Políticas Públicas para Promoção da Igualdade Racial de Mato Grosso do Sul, Ana José Alves

Subsecretária de Políticas Públicas para Promoção da Igualdade Racial de Mato Grosso do Sul, Ana José Alves

Uma roda de conversa sobre resistência negra acontecerá em Cuiabá nos próximos dias 31 de janeiro e 1 de fevereiro, na escola municipal Elza Luiza Esteves, no bairro Canjica. Promovido pelo Instituto de Mulheres Negras de Mato Grosso (Imune) em parceria com a Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional (FASE) e com o Serviço de Análise e Assessoria a Projetos (SAAP), o evento contará com presenças nacionais e tem inscrições gratuitas (AQUI).

Leia também:
Encerramento do ‘Novembro Negro’ terá cortejo afro, palestras e mais no centro de Cuiabá

Dentre as participantes, estarão Maria Sylvia Aparecida de Oliveira (SP), presidente do Geledés – Instituto da Mulher Negra (SP), uma das mais antigas organizações de mulheres negras do país, e membro da Coalizão Negra por Direitos, organização que reúne militantes da América Latina, dos Estados Unidos e da África do Sul.

Além dela, a educadora Daniela de Souza Santos (SP), doutora em Estudos Culturais pela University of the West Indies (Barbados – Caribe), reconhecida por seus projetos de inclusão e apoio a segmentos marginalizados da população, tendo atuado, entre outros espaços, na FEBEM (Fundação Estadual do Bem Estar do Menor) de São Paulo e na Bay Area Community Resources, de West Contra Costa, nos Estados Unidos, também estará presente.

Está confirmada a participação da assistente social Maria Edijane Alves, consultora do Coletivo Baobá – Fortificando as Raízes e representante do Núcleo de Mulheres Negras (SP), que se notabilizou pelo trabalho de formação de educadores sobre a lei 10.639/2003 e de criação de espaços de acolhimento para mulheres negras em regiões periféricas da capital paulista, como o Capão Redondo, tendo liderado o projeto “Escola de Liderança para Meninas”.

O encontro contará ainda com a presença da subsecretária de Políticas Públicas para Promoção da Igualdade Racial de Mato Grosso do Sul e diretora do Coletivo de Mulheres Negras “Raimunda Luzia de Brito”, Ana José Alves, e da coordenadora do Fórum Permanente das Entidades do Movimento Negro de Mato Grosso do Sul, Romilda Pizani, que também representa o coletivo TEZ (Trabalhos e Estudo Zumbi).

Roda de conversa

O evento começa na sexta-feira, dia 31 de janeiro, às 19 horas, com o debate “Mulheres negras de Mato Grosso agitando a resistência negra” e homenagens a personalidades de Mato Grosso que agitam a resistência negra nas artes, na política e nos movimentos sociais.

Já no sábado (1), a programação segue das 8h às 18h, com mesas-redondas sobre os temas “Juventude Negra”, “Educação e Direitos Humanos” e “Participação Social”. O evento tem apoio e envolvimento da Associação dos Moradores do Bairro Canjica (AMBC) e marcará o encontro de ativistas de Cuiabá, Várzea Grande, Sinop, Barra do Garças, Acorizal, Juína e Cáceres com lideranças de projeção internacional.

De acordo com a assessoria, esta é a primeira de quatro rodas de conversas que serão realizadas pelo Instituto de Mulheres Negras de Mato Grosso em 2020 para discutir com a comunidade sobre temas como participação política, democracia e organização popular.

“O Imune Grosso reafirma seu compromisso de preparar mulheres para atuar e ocupar diversos espaços, ampliando a representação e a diversidade de raça e gênero e assim contribui para promoção da equidade”, disse a professora Antonieta Luisa Costa, fundadora do Imune e membro dos conselhos de Políticas Afirmativa da UFMT, de Promoção da Igualdade Racial de Mato Grosso (Cepir) e de Educação de Mato Grosso (CEE).

Serviço

Roda de Conversas “Agitando a resistência negra”
Data/horário: 31/01/20, às 19 horas e 01/02/2020, das 8 h. às 18 h.
Local: Escola Municipal Elza Luiza Esteves (Avenida Senegal, s/nº, bairro Canjica).
Mais informações: (65) 992260944/ (65) 99255-6863
A entrada é gratuita e as inscrições podem ser feitas pelo link https://forms.gle/jWDDiN76Q6munXg67e no local do evento.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet