Olhar Conceito

Sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Notícias / Pets

Adolescentes criam brechó beneficente para ajudar animais abandonados

da Redação - Isabela Mercuri

03 Fev 2020 - 14:40

Foto: Arquivo Pessoal

Lohaine (esq.) e Gabriela (dir.) idealizaram o brechó

Lohaine (esq.) e Gabriela (dir.) idealizaram o brechó

Há cerca de uma semana, as amigas Gabriela Lopes, 14, e Lohaine Dias, 17, decidiram unir seu amor por animais a uma causa. Assim nasceu o ‘Onix Brechó’, que já tem página online e participará de um evento já no próximo dia 9 de fevereiro, domingo.

Leia também:
Mais de 30 animais aguardam por adoção responsável na Diretoria de Bem-estar Animal

“Eu sempre tive vontade de ter um brechó, e também de poder ajudar animais de rua. Aí eu falei com a minha amiga pra gente tentar fazer algo beneficente”, contou Gabriela ao Olhar Conceito.

Para colocar o plano em prática, elas contaram com a doação de diversos itens, como roupas, acessórios e livros, de voluntários. “A gente começou uma corrente no WhatsApp com informativos da ideia e de como as pessoas poderiam contribuir. A gente fez uma listinha e marcamos locais de encontro”, lembra.

O principal ponto de encontro foi em um shopping da capital, onde elas ficaram das 14h às 18h da semana passada arrecadando os produtos. O plano, agora, é participar da feira ‘Desapega’ da UFMT, que acontece no dia 9 de fevereiro (domingo).

Todo o valor arrecadado nesta feira será destinado ao Projeto Lunaar, que nasceu em outubro de 2017 e surgiu da vontade de um grupo de jovens dispostos a ajudar os animais em situação de abandono e maus tratos. Tainá Marques, acadêmica de Nutrição da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), reuniu amigos, estudantes e familiares com o intuito de amparar os mais de mil felinos que vivem em situação de abandono nas dependências da UFMT.

Com mais de 40 integrantes, o projeto sobrevive das doações dos participantes que alimentam e amparam os animais mensalmente com mais de 150 quilos de ração que são distribuídos em vários pontos dentro da universidade. Além de alimentá-los, eles encaminham esses animais para clinicas veterinárias onde são feitos exames, internações, cirurgias e castrações, atividades que geram muitos custos.

Depois deste primeiro momento, as amigas querem movimentar o Instagram com vendas online e, no futuro, ajudar também protetores de animais independentes. “Por enquanto estamos organizando nesse evento, focando nisso, para catalogar e etiquetar tudo”, explica.

Veja alguns produtos que estarão disponíveis na galeria de fotos. 

Serviço

O brechó estará no ‘Desapega UFMT’
Data: Domingo, 9 de fevereiro
Horário: 15h
Local: Restaurante universitário
Mais informações no INSTAGRAM

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet