Olhar Conceito

Quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Notícias / Artes visuais

Estudante da UFMT já pintou painel na Colômbia e fez escultura de 'Game of Thrones'

Da Redação - José Lucas Salvani

01 Mar 2020 - 15:37

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Estudante da UFMT já pintou painel na Colômbia e fez escultura de 'Game of Thrones'
O estudante da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Danilo Barreto, já pintou um painel na Colômbia e fez escultura do Trono de Ferro de “Game of Thrones” e Demogorgon de “Stranger Things”. Natural do estado de São Paulo, Danilo veio para Cuiabá há quase quatro anos para cursar radialismo, mas sempre se viu trabalhando com artes visuais desde pequeno, quando fazia trabalhos da escola. Hoje, ele trabalha profissionalmente por meio do Atelien.

Leia mais:
Seven Mônica cria vaquinha para conseguir gravar seu primeiro videoclipe

O Atelien surgiu tem pouco mais de um ano e a partir de uma vontade pessoal de ter um espaço profissional para divulgar seu trabalho. O projeto, todavia, teve uma pausa de cerca de seis meses porque Danilo fez um intercâmbio na Colômbia, o que tornou impossível dar seguimento ao Atelien. Durante o intercâmbio, todavia, Danilo pode se aprofundar em novas artes e estilos.
 
“Eu trabalho mais por questão de desafio. Antes do intercâmbio, quando eu fazia estágio, eu trabalhava com artes visuais. Então eu produzia coisas no ateliê do meu trabalho. Com o Atelien eu fazia por fora. Agora como não estou trabalhando, eu quero tentar focar em uma coisa mais profissional, mas não tenho uma linha específica”, conta ao Olhar Conceito.

Danilo já fez de tudo um pouco. Como principal, faz pinturas artísticas em paredes e já pintou um painel quando estava na Colômbia, mas também já fez escultura de Demogorgon, em papietagem, da série da Netflix “Stranger Things”, e o Trono de Ferro de “Game of Thrones”. O trono foi um dos trabalhos mais demorados. Levou cerca de dois meses desde sua concepção.

“Esses foram os trabalhos que mais gostei de fazer e que me encontrei como artista. Antes disso eu me questionava bastante se o que eu fazia era ser artista. Não tenho uma linha de desenho própria, por exemplo. Eu pegava as coisas, copiava ou então dava uma pequena modificada e fazia. Com o Trono e Demogorgon, que foram trabalhos que de fato eu estava inspirado em fazer, eu me encontrei como artista”. 

A veia artística deu sinais quando estudava no ensino fundamental e médio. A primeira pintura de parede aconteceu quando ainda morava em Vera Cruz, São Paulo. De lá para cá, passou a realizar trabalhos do tipo, cobrando um valor simbólico para arcar com os custos dos materiais. Em média, uma parede sai entre R$ 100 e R$ 250, levando cerca de dois dias de trabalho, mas a duração depende de fatores como tempo, número de cores a serem usadas e detalhes dados.

Seu maior sonho como artista é poder trabalhar em um carro de alegoria de escola de samba. Na Colômbia, ele teve a experiência de trabalhar em um carnaval, no início deste ano, mas explica que há diferenças quanto a festa brasileira. “Fui para o ateliê, acompanhei o processo de construção e fiquei ainda mais encantado. O ápice da minha vida seria trabalhar com carro de escola de samba”, conta.

“Eu sempre pensei que um artista precisava ter uma coisa própria, uma marca que era dele, ter um estilo de desenho próprio ou algo assim. Depois que eu comecei a trabalhar, fiz as esculturas e intercâmbio, eu entendi que ser artista é você estar entregue aquilo que está fazendo. Você não necessariamente precisa estar pintando para ter artista. [Em] todas as profissões, desde que você esteja entregue, você está sendo artista”.

Para contratar os trabalhos de Danilo, basta entrar em contato por meio do Instagram do Ateliên ou pelo número (14) 999807-2732. 

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet