Olhar Conceito

Sexta-feira, 10 de julho de 2020

Notícias / Comportamento

'Casamento Abençoado' vai ajudar a regularizar uniões civis de casais de baixa renda

Da Redação - Isabela Mercuri

18 Mar 2020 - 14:24

Foto: Reprodução

'Casamento Abençoado' vai ajudar a regularizar uniões civis de casais de baixa renda
Casais que recebem até três salários mínimos e que são cadastrados no CADÚnico podem se inscrever na primeira edição do ‘Casamento Abençoado’, ação da primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, por meio da Unidade de Ações Sociais e Atenção à Família (UNAF) e execução direta da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setacs). O projeto visa beneficiar e diminuir os custos de casamento, além de promover “segurança jurídica por meio da regularização civil matrimonial e possibilitar o fortalecimento da união familiar”.

Leia também:
Vendedor de carros surpreende namorada com pedido de casamento em pizza de coração; veja vídeo!

A primeira-dama já começou as tratativas com os cartórios, além da organização e logística para beneficiar também os casais do interior do estado. “Por valorizar a família como um importante pilar da nossa sociedade decidimos por implementar esta ação social, que em anos anteriores já beneficiou milhares de casais mato-grossenses. O nosso projeto tem como foco o resgate dos valores da família e a importância da documentação para garantir segurança jurídica a estes casais, que muitas vezes deixam de acessar alguns direitos pela falta de certidão de casamento”, destacou Virginia.

A ação conta, ainda, com a parceria do Poder Judiciário por meio da corregedoria-geral de Justiça; da Associação dos Notários e Registradores de Mato Grosso (Anoreg-MT), e das primeiras-damas e secretarias municipais de Assistência Social do interior, além de parcerias que serão firmadas até a realização do evento, previsto para ocorrer no mês de junho.

O regime a ser adotado pelos cartórios nesta edição será o de comunhão parcial de bens. “Queremos agradecer pela sensibilidade e parceria dos cartórios que se dispuseram em somar esforços com o Governo do Estado, executando as custas cartorárias a valores simbólicos para o Poder Executivo Estadual, em benefício das famílias mato-grossenses”, enfatizou a titular da Setasc, Rosamaria Ferreira de Carvalho, ao lado da primeira-dama Virginia Mendes na condução dos trabalhos do Casamento Abençoado.

Serviço

As inscrições para a primeira edição do Casamento Abençoado podem ser efetuadas na sede da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania, localizada no Centro Político e Administrativo, assim como na sede do Procon estadual, localizado na Rua Baltazar Navarros, n. 567, Bairro Bandeirantes e no Ganha Tempo de Várzea Grande, situado no Várzea Grande Shopping.

Mais informações sobre os pré-requisitos e as documentações necessárias para participação a inscrição no Casamento Abençoado 2020 podem ser obtidas nos sites do Governo de Mato Grosso (www.mt.gov.br) e da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania – Setacs – (www.setacs.mt.gov.br), assim como pelo telefone: (65) 3613-4705.

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • FRANCIDALVA
    06 Abr 2020 às 08:23

    ATÉ QUE DIA POSSO FAZER AS INSCRIÇÕES/

  • tairine
    19 Mar 2020 às 10:02

    Não to conseguindo entrar no site pra saber quais documentos São necessários pra fazer a inscrição

  • Mulher ma
    18 Mar 2020 às 16:55

    Casar pra que?! Pra separar a menos de 1 ano de casada. To fora.

  • observo
    18 Mar 2020 às 16:38

    mas nao estamos evitando aglomeração

Redes Sociais

Sitevip Internet