Olhar Conceito

Sábado, 26 de setembro de 2020

Notícias / Cinema

Programação do Cine Teatro traz obras da cineasta Marithê Azevedo nesta terça-feira

Da Redação - Isabela Mercuri

27 Abr 2020 - 09:30

Foto: Divulgação

Programação do Cine Teatro traz obras da cineasta Marithê Azevedo nesta terça-feira
Quatro trabalhos audiovisuais da diretora mato-grossense Marithê Azevedo serão exibidos nesta terça-feira (28) no canal do Cine Teatro de Cuiabá no Facebook. A partir das 19h30, o público poderá assistir: “A história do Lixo (Marithê Azevedo, MG/SP, 1991, 4', classificação indicativa livre), “Memórias Clandestinas” (Marithê Azevedo, SP, 2004, 70', classificação indicativa livre), “Bolhas de Sabão Desmancham no Ar” (Marithê Azevedo, MT, 2011, 20', classificação indicativa 12 anos) e “Licor de Pequi” (Marithê Azevedo, MT, 2016, 15', classificação indicativa livre).

Leia também:
Cine Teatro exibe curtas de cineastas mato-grossenses nesta semana pelo Facebook 

Maria Thereza de Oliveira Azevedo, mais conhecida como Marithê Azevedo, é doutora em Artes Cênicas e Mestre em Cinema pela ECA/USP, professora do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Cultura Contemporânea da Universidade Federal de Mato Grosso (ECCO/UFMT) e atua como cineasta, roteirista e propositora de poéticas urbanas.
 
A cineasta dirigiu e roteirizou mais de trinta produções audiovisuais para a educação, quatro curtas de ficção, sete documentários, além de ter dirigido uma série em sete episódios para o canal GNT. Também atuou como jurada no VIII Taller de Guion no XI Bolivia Lab, ganhou diversos prêmios, como a de Melhor Documentário Brasileiro do Festival Internacional do Cinema Feminino (FEMINA) por “Memórias Clandestinas”. Atualmente, está finalizando o documentário “As cores que habitamos” e teve o roteiro para o longa-metragem de ficção “Religare” selecionado pelo MINC para desenvolvimento de roteiro, que também foi premiado pelo Bolivia Lab e Lab Visões Periféricas.
 
Veja a sinopse dos filmes que serão exibidos:
 
“A história do lixo (Marithê Azevedo, MG/SP, 1991, 4', classificação indicativa livre)


Aborda, de forma experimental, o processo de produção de lixo, enfatizando o consumismo.

“Memórias Clandestinas” (Marithê Azevedo, SP, 2004, 70', classificação indicativa livre)

Constrói uma história pautada pelas memórias familiares de Alexina Crespo, primeira esposa do líder das Ligas Camponesas Francisco Julião e seus quatro filhos. O filme toma como um dos eixos narrativos a casa, presente, ao longo de todo o filme. É a partir das imagens da casa onde viveram, hoje destruída pelo tempo, que o espectador é inserido nas histórias dessa família. Ali, Alexina e seus quatro filhos falam das peripécias ocorridas, desde o casamento com Francisco Julião, passando pela organização das ligas, a guerrilha, o golpe e o exílio, um trabalho que ficou no silêncio, na coxia e na clandestinidade.

“Bolhas de Sabão Desmancham no Ar” (Marithê Azevedo, MT, 2011, 20', classificação indicativa 12 anos)

Uma comunidade do interior de Mato Grosso prepara uma festa de santo, quando chega ao lugarejo um caminhão trazendo uma traquitana que é instalada no lugar. Sem saberem do que se trata, as pessoas largam seus afazeres para experimentar a novidade. Quase ao mesmo tempo também chega ao vilarejo o mágico Balduíno (Amir Haddad). Como as pessoas só têm atenção para a traquitana, Balduíno se alia à maquina como se dela fizesse parte, para conquistar a atenção do público. Um gesto exacerbado do mágico dispara algo na traquitana, provocando impulsos narcisistas nos que estão à sua volta.

“Licor de Pequi” (Marithê Azevedo, MT, 2016, 15', classificação indicativa livre)
 
Tem poética construída a partir de três gerações de mulheres: uma senhora (Lúcia Palma) guarda a memória do lugar por meio de objetos que juntou durante a vida, mas está esquecendo as palavras; uma jovem poeta (Luana Costa) busca a palavra geradora para escrever seus poemas; já a menina (Flor Leite), em fase de alfabetização, descobre as palavras. Uma conta histórias, a outra escreve poemas, a terceira solta pipas. As três habitam o mesmo espaço urbano, o Centro Histórico da cidade de Cuiabá, com casas abandonadas, casas habitadas e casas restauradas, todas com camadas distintas de memória. O filme foi realizado com recursos do MINC/SAV por meio de edital de curta metragem onde concorreram realizadores de todo o país.
 
A Temporada de Filmes Edição Especial integra a Programação Cultural Online da Quarentena do Cine Teatro Cuiabá, que semanalmente compartilha, pela internet, conteúdos culturais diversos, com atrações diárias.
 
Além disso, Marithê também participa da série “Cine Comentário Sonoro”, em duas conversas envolvendo os filmes da programação. Na sexta, 1º de maio, às 19h, na página do Facebook do Cineclube Coxiponés, será compartilhado o décimo episódio da série Cine Comentário Sonoro, em que Marithê Azevedo compartilha memórias sobre o processo de realização de “Licor de Pequi”.
 
Já no sábado, às 17h, será realizada uma conversa sobre o filme “Memórias Clandestinas”. No domingo, também às 17h, a conversa gira em torno dos curtas “A história do lixo” e “Bolhas de sabão desmancham no ar”.
 
A série Cine Comentário Sonoro é uma parceria entre realizador@s, o Cineclube Coxiponés da UFMT e a Rede Cineclubista de Mato Grosso (REC-MT). Já estão disponíveis no canal do YouTube do Cineclube Coxiponés nove episódios da série (nos três primeiros Amauri Tangará e Tati Mendes comentam os curtas “Pobre é quem não tem jipe”, “Horizontem” e “Paraíso”; no quarto Perseu Azul discorre sobre “Ríos de América”; os demais correspondem aos cinco curtas do Box de Curtas comentados pelos realizadores das referidas obras).
 
Serviço
 

Edição Especial da Temporada de Filmes do Cine Teatro Cuiabá, com difusão online de filmes de Marithê Azevedo (“A história do lixo”, “Memórias Clandestinas”, “Bolhas de sabão desmancham no ar” e “Licor de pequi”).
Quando: A partir das 19h30 de terça-feira, 28 de abril de 2020.
Onde: facebook.com/cineteatrocuiaba
Classificação indicativa: a ser consultada
Mais informações pelo email: pautacineteatrocuiaba@gmail.com

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet