Olhar Conceito

Quinta-feira, 09 de julho de 2020

Notícias / Comportamento

Cuiabana que venceu o câncer faz campanha de doação de bonecas carecas para ajudar criança em tratamento

Da Redação - Isabela Mercuri

11 Mai 2020 - 09:54

Foto: Arquivo Pessoal

Julia e sua 'boneca esperança'

Julia e sua 'boneca esperança'

Na última quarta-feira (6), a cuiabana Julia Salomé de Souza, 33, ganhou um presente inesperado. Ao abrir a caixa, não conseguiu conter as lágrimas quando se deparou com uma boneca careca e de turbante. Ela, que descobriu um câncer de mama em agosto de 2019, já passou por duas cirurgias e quimioterapia branca e vermelha, sentiu-se representada e quis conhecer a história por trás do brinquedo. O que ela descobriu foi ainda mais inspirador e, por isso, iniciou uma campanha de doação para ajudar tanto as crianças com câncer de Cuiabá, quanto a família de outra Júlia, do Espírito Santo: sua mãe Valéria é quem faz as bonecas, para custear o tratamento da filha.

Leia também:
Após três cânceres, historiadora serve comida saudável e ancestral para vencer novo desafio: esclerose múltipla
 
Julia descobriu o câncer durante o autoexame. Não tinha nenhum histórico na família, e logo em seguida começou o tratamento. “Desde que eu descobri, em nenhum momento eu me revoltei. Eu sabia que aquilo estava ali para me ensinar alguma coisa, pra mudar alguma coisa na minha vida. Sempre tive certeza que seria uma coisa muito difícil, mas ia passar”, relatou ao Olhar Conceito. E passou. Atualmente, a cuiabana está em fase de remissão, e bem neste momento que conheceu a história de Valéria.
 
“Meus primos e meus irmãos encontraram o Instagram dessa boneca e me deram uma ‘boneca esperança’. Quando eu vi eu me emocionei muito, porque é uma boneca de pano, careca, e que tem um turbante... eu desabei de chorar, me emocionei porque o câncer é muito difícil, mas a perda de cabelos mexe muito com nossa imagem, como  a gente se vê. Quando você descobre que vai perder é muito difícil, e eu não tinha referencia de mulher bonita careca, então a gente acaba ficando com muito medo”, relatou.
 
Procurando mais sobre a ‘Boneca Esperança’ no Instagram, Julia descobriu que quem a produz é Valéria, uma fotógrafa. O marido dela ficou desempregado em meio à pandemia, e o tratamento de câncer melanoma na mama de sua filha de oito anos, que também se chama Julia, teve que ser paralisado como forma de precaução, já que ela está com a imunidade muito baixa. “Ela teve a ideia da boneca, primeiro para que a filha pudesse se reconhecer, e trazer um pouco de normalidade, e também pra ajudar na renda da família. Eu vi nela uma mulher empreendedora que está buscando ajudar a filha no tratamento... e ela me disse que pra cada boneca que ela vende, ela fabrica outra e doa para uma criança da cidade dela”, conta.

Bonecas esperança (Foto: Reprodução / Instagram)
 
A atitude de Valéria surpreendeu a cuiabana, que decidiu ajudar também as crianças em tratamento contra o câncer em Cuiabá. Por isso, desde o último domingo (10) lançou uma campanha de doação. Quem quiser ajudar, entra em contato e compra as bonecas, que serão doadas na capital mato-grossense. Cada unidade custa R$50, e doando este valor a pessoa vai, consequentemente, doar uma boneca para criança em tratamento em Cuiabá, uma para uma criança em tratamento no Espírito Santo e, ainda, ajudar no tratamento de Julia (a de oito anos).

“Eu acho que faz muita diferença, porque a boneca representa duas coisas: o brincar, que faz parte da infância, e o reconhecimento, a visibilidade”, completa a cuiabana. Quem quiser ajudar, pode entrar em contato pelo WhatsApp nos números (65) 98114-1465, ou com Aline (65) 99282-0288, até o dia 20 de maio. Depois disso, será feito o pedido da encomenda.

Conheça mais sobre a boneca esperança AQUI

8 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Maria Ivonete de Souza
    17 Mai 2020 às 23:26

    Bela ação!

  • Emilson Pires de Souza
    12 Mai 2020 às 10:40

    Atitude corajosa, meritória e simpática. Um exemplo. Parabéns

  • Marcia
    11 Mai 2020 às 17:53

    Linda atitude altruísta. Hj principalmente quando vivemos um tempo difícil convivendo com pessoas egoístas e que não valorizam a vida!

  • Amanda Pires
    11 Mai 2020 às 12:30

    CAMPANHA CORRETA! O ser humano precisa ter mais empatia com as causas alheias, sejam elas sobre doenças ou não! O câncer não escolhe dia ou horário ou momento certo/errado! A covid-19 está ai e isso não vai mudar, as outras doenças também e tem mta gente que precisa de ajuda, sempre precisou! O momento não nos impede de ajudar e sermos empáticos! Mais amor, esperança e fé!

  • Márcia Pestile
    11 Mai 2020 às 11:46

    Júlia, Conheço sua história e sei o quão guerreira vc é. Parabéns pela iniciativa, quero adquirir a boneca.

  • José Cuiabano
    11 Mai 2020 às 11:19

    Campanha correta. Salvar vidas em qualquer circunstância, principalmente pessoas com câncer, em que toda a família sofre junto é uma vitória da medicina e da vida.

  • Ednardo Fornanciari Antunes
    11 Mai 2020 às 10:53

    Oi Julia. Parabéns pela sua campanha. Com a ignorância das pessoas, precisamos ensiná-las que as doenças não escolhem as pessoas. Fico muito feliz com seu sucesso. Sempre na sua torcida. Um grande abraço e conte comigo.

  • Lenil pedra 90
    11 Mai 2020 às 10:30

    Campanha errada no momento errado. Pânico de guerra coronavirus é o que importa.

Redes Sociais

Sitevip Internet