Olhar Conceito

Notícias / Arquitetura, décor e design

PATRIMÔNIO HISTÓRICO

Projeto de revitalização da Casa de Bem Bem recebe recursos federais e vai sediar o Instituto Ciranda

Da Redação - Lidiane Barros

23 Ago 2013 - 19:02

Projeto de revitalização da Casa de Bem Bem recebe recursos federais e vai sediar o Instituto Ciranda
Fechada e desgastada pela ação do tempo, a Casa de Bem Bem vai dentre em breve receber “roupa nova” para atender um trabalho cidadão, voltado ao ensino da música. É que o projeto de revitalização do espaço foi aprovado pelo governo federal, por meio do PAC Cidades.

A presidente Dilma Roussef anunciou no início desta semana, a liberação de recursos na ordem de R$ 360 milhões, para várias cidades brasileiras. Cuiabá está entre elas. Para a capital de Mato Grosso foram reservados algo em torno de R$ 10,5 milhões para contemplar 16 projetos e a nova sede do Instituto Ciranda está entre estes.

Idealizado pelo arquiteto Rafael Dias, o projeto prevê a revitalização do espaço e a construção dos anexos do Instituto que deve abrigar ao menos mil alunos, entre crianças, adolescentes e jovens atendidos pelo Instituto que oferece ensino de música gratuito.

De acordo com a superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan), Marina Duque Coutinho Abreu Lacerda, o caso do Ciranda é especial. “Nesse despertar para a revitalização de espaços urbanos tombados, essa iniciativa é estratégica, pois não se trata só de revitalização, mas também de um trabalho silencioso de educação material. Sem contar que dentro do espaço físico estará contido o patrimônio imaterial da música. Este, transcende quaisquer estruturas, portas, janelas ou esquadrias”.

Segundo ela, as pessoas que vão frequentando o lugar, ambientados a ele, vão se atentando para o valor de um patrimônio histórico. Consciência, que a seu ver, atingiu o Governo Federal, que estendeu suas ações a Cuiabá.
Entre outros projetos que foram aprovados, figuram os que vão revitalizar becos, praças, a Igreja Senhor dos Passos, a Casa da Funai, Instituto Histórico e Geográfico e o próprio prédio do Iphan que vai se transformar na Casa do Patrimônio, destinada a fomentar uma série de ações culturais.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet