Olhar Conceito

Quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Notícias / Gastronomia

Com 40 anos de experiência, 'Vó Neura' passa a fazer bolos sob encomenda durante isolamento

Da Redação - Isabela Mercuri

10 Jun 2020 - 09:40

Foto: Divulgação

Vó Neura (detalhe) e um de seus bolos

Vó Neura (detalhe) e um de seus bolos

Aos 73 anos, Neura Garcia foi ‘colocada em isolamento’ pela família logo no início da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Ela, que é dona de um quiosque no aeroporto, precisou se reinventar para manter a mente ocupada e a saúde financeira em dia. Por este motivo, pegou sua vasta experiência na confeitaria e passou a fazer bolos sob encomenda.

Leia também:
Conheça 'Tia Tetê', a idosa que produz máscaras e distribui gratuitamente no bairro da Manga
 
Ela, que é sul-mato-grossense, mas vive em Cuiabá desde muito pequena, já teve, também, uma panificadora no centro da cidade por cerca de vinte anos, a ‘Panificadora Primavera’. “Na verdade a gente trabalhou ali uns 15 anos, depois começou a ter muito assalto e a gente teve que fechar as portas”, contou ao Olhar Conceito.
 
Segundo Neura, ela percebeu que muitos dos bolos que encontrava eram feitos com produtos industrializados, e ela queria fazer algo mais natural. “Comecei a fazer os cursos, quando era coisa industrializada eu não dava atenção, mas quando era mais natural eu fazia. E fui fazendo... passado alguns anos o confeiteiro foi embora e eu assumi a confeitaria da padaria”, lembra.
 
O negócio acabou há cerca de quinze anos, mas ela nunca deixou de fazer seus bolos para os três filhos e seis netos. Há vinte anos, comanda em um quiosque no aeroporto Marechal Rondon, onde funciona uma tabacaria e vende presentes.
 
“Sempre trabalhei lá, mas a tarde fazia bolos pra família, pros netos, pros genros... Agora faz três meses que estou em casa, a loja esta fechada porque não posso ir, a funcionaria vai pouco, e também está quase sem voos”, explica. “Ficou difícil, e aí eu comecei a fazer os bolos”.
 
Neura explica que seus bolos são tanto aqueles ‘de tomar café’ quanto os recheados. Dentre os sabores estão, por exemplo, de fubá com cobertura de goiabada, chocolate com mousse de chocolate, de morango, de abacaxi, e o ‘bolão’, feito com manteiga de leite e mousse de limão por cima.
 
As encomendas devem ser feitas com um dia de antecedência. “Eu sou daquele tempo antigo... o bolo de tomar café até da pra fazer [no dia], ele não vai na geladeira, mas o recheado tem que fazer de um dia pro outro”, afirma.
 
Mesmo depois da pandemia, Neura não descarta continuar na produção de bolos. “Estou começando devagar, mas é uma coisa que eu já fiz muito na vida... hoje a minha neta tem 28 anos e desde pequenininha sempre fiz bolo pra ela, levei na escola.... fiz pra todos, então graças a Deus isso aí é uma realização”, finaliza.
 
Serviço
 
Quem quiser encomendar os bolos de dona Neura pode entrar em contato pelo (65) 99620-5393.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet