Olhar Conceito

Quarta-feira, 12 de agosto de 2020

Notícias / Artes visuais

Expoente das artes plásticas lança exposição online nesta quarta-feira

Da Redação - Isabela Mercuri

15 Jun 2020 - 10:55

Foto: Reprodução / Humberto Espíndola

Humberto Espíndola desenvolve o tema Bovinocultura desde 1967

Humberto Espíndola desenvolve o tema Bovinocultura desde 1967

O expoente das artes plásticas em Mato Grosso, Humberto Espíndola, lança nesta quarta-feira (17) sua exposição online inédita “2000 | Gravuras Digitais de Humberto Espíndola”. A mostra tem curadoria de Amanda e Willian Gama e acontecerá por meio da Coordenação de Cultura e Vivência da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT/PROCEV), o Museu de Arte e de Cultura Popular (MACP/UFMT) e a Galeria Mirante das Artes.

Leia também:
Artistas se unem em live do Sintep Cuiabá em prol de profissionais interinos da educação 

De acordo com a assessoria, a exposição é formada por 50 imagens realizadas por meio da tecnologia, e que “desenvolve aliciantes gravuras digitais, que seduzem o olhar para a tela, que emana cores em luz”.As gravuras foram trabalhadas digitalmente na virada do século XX para XXI, em computadores dos anos 90, que suportavam pouco processamento gráfico. "A ruptura, o estouro da cor, as quebras, e cada detalhe remonta um período único e específico da era digital. O programa mais utilizado foi o PC Paintbrush, criado pela ZSoft Corporation para o MSDOS e adaptada para o Windows, que se tornaria tão somente "Paint" no futuro. Desenhadas e coloridas utilizando, mouse e scanners da época, Humberto desenvolveu alucinantes gravuras digitais, que seduzem o olhar para a “tela”", explica.

Humberto Espíndola (Foto: Marcos Leonardo e Alexis Prappa)

O curador, Willian Gama, é galerista e membro do conselho curador do Museu de Arte e de Cultura Popular da UFMT (MACP). A exposição conta ainda com textos de Humberto Espíndola e Noemi Ribeiro, historiadora de arte, e fundadora do Gabinete de Gravura do Museu Nacional de Belas Artes do Rio. 

A mostra está dentro do programa “A Importância da Cultura nos 50 anos da UFMT”. “A Plataforma Virtual Cultura e Vivência, lançada em abril/2020, é uma maneira de adaptar o programa sobre a importância da Cultura nos 50 anos da UFMT a essa situação imposta pelo COVID19, buscando a interatividade com a comunidade intra e extra muros, divulgando virtualmente a produção cultural e artística, disponibilizando os seus acervos, envolvendo novas parcerias, diversificando conteúdos e expondo talentos, consolidando-se como um espaço digital vibrante, amplo e universal. E nesse sentido a exposição 2000 – Gravuras Digitais de Humberto Espíndola é um marco que nos fortalece e desafia como instituição cinquentenária", explica a coordenadora de cultura da instituição, Thania Arruda.
 
Humberto é campo-grandense, nascido em 1943, e cria e desenvolve o tema Bovinocultura desde 1967. O artista tem uma posição histórica no capítulo da descentralização da arte brasileira e é citado na principal bibliografia de referência - Arte e artistas plásticos no Brasil 2000 (Ed. Metalivros) – em uma seleção dos 100 principais artistas plásticos brasileiros vivos - e na ‘BrazilianArt III (UC Editora, 2002)’, entre 42 artistas.
 
Também é poeta e lançou, em 2019, o livro ‘Pintura e Verso’, em que conta seus mais de 50 anos de trajetória artística, em que flertou com a composição musical, a interpretação, a performance, a direção de espetáculos e a produção literária, incluindo aí a poesia.

Segundo o artista, é importante ressaltar que “no fazer da arte, o que realmente importa é o resultado. Aquilo que se obtém visualmente. Fazemos esta observação porque geralmente supõe-se que gravuras processadas em computador revelam características onde o instrumento de trabalho se evidencia demais. Excessos de retícula, efeitos de alto-contraste, futurismos de um modo geral, divulgaram a primeira imagem dessas novas “mesas de gravar” à disposição dos artistas contemporâneos”. 

Serviço
 
O lançamento acontece no site do museu: www.macpufmt.wordpress.com
Lançamento mundial: Quarta-feira (17), às 20h
Local: Plataformas digitais do Museu de Arte e de Cultura Popular da Universidade Federal de Mato Grosso (MACP-UFMT)

*Atualizada dia 17/6, às 10h18.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Redes Sociais

Sitevip Internet