Olhar Conceito

Domingo, 27 de setembro de 2020

Notícias / Gastronomia

Após ficar desempregada, cuiabana lança marca de “junk food” vegana

Da Redação - Isabela Mercuri

29 Ago 2020 - 15:53

Foto: Divulgação

Após ficar desempregada, cuiabana lança marca de “junk food” vegana
Foi após ficar desempregada e ter dificuldade em encontrar um novo ramo durante a pandemia de Covid-19 que a cuiabana Mariana Cardoso, 21, decidiu investir em algo que já fazia parte de seu dia a dia, e transformá-lo em uma nova fonte de renda. Assim nasceu o ‘Veganeira’, marca que promete levar alimentos veganos descomplicados e saborosos ao dia a dia das pessoas.  

Leia também:
Jornalista investe em negócio familiar de ‘comida de verdade’ e cria o kit isolamento para presentear
 
Mariana era vendedora em shopping, e perdeu o emprego no ano passado. Desde então, teve dificuldades de achar um novo ramo, o que se agravou com a crise do coronavírus. Ela, que é ovolactovegetariana desde os 12 anos e vegana há pouco menos de um ano, optou por levar novos pratos a amigos e clientes.
 
“A Veganeira nasceu com o intuito de trazer o lado "Junk Food" (em aspas porque ainda tem seu lado saudável) do veganismo. Muitas pessoas acham que caso vire vegano acabará tendo uma restrição alimentar e não poderá mais comer o que gosta, o que não é verdade. Quero mostrar como a comida vegana não se difere tanto da que estão acostumados! Entregar aquela pizza que você pode dividir com os amigos num final de semana ou os salgados e bolos pro lanche da tarde da criançada. A Veganeira quer trazer essa culinária sem sofrimento animal pro dia a dia das pessoas”, contou ao Olhar Conceito.
 
Segundo a empreendedora, a ideia já rondava sua mente desde outubro de 2019, já que ela já tinha algumas receitas e gostava do resultado. A ‘Veganeira’ tem opções de coxinha de jaca com creme de couve flor (R$9), risóli de brócolis e alho poró (R$8), quibe de abóbora (R$6) e empada de palmito (R$10) e também bolos de pote, todos veganos.
 
Mariana conta que sua opção pelo vegetarianismo e depois pelo veganismo veio pelo apego aos animais. “Com 12 anos pesquisando na internet achei alguns documentários sobre vegetarianismo e também muitas informações, vi que não era algo impossível e então decidi tentar”, lembra.
 
As vendas da ‘Veganeira’ são feitas sob encomenda, e Mariana também aceita deliverys, de quarta a domingo, das 16h às 22h. Para mais informações e pedidos, acesse o INSTAGRAM ou entre em contato pelo (65) 99988-7572.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet