Olhar Conceito

Terça-feira, 27 de outubro de 2020

Notícias / Comportamento

Aplicativo cuiabano de delivery cria função para arrecadar doações ao povo pantaneiro

Da Redação - José Lucas Salvani

29 Set 2020 - 14:22

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Aplicativo cuiabano de delivery cria função para arrecadar doações ao povo pantaneiro
Um aplicativo cuiabano de delivery, chamado Bui, criou uma função dedicada totalmente para arrecadar doações para o povo pantaneiro. A função passou a estar disponível ao público nesta terça-feira (29), com doações disponíveis a partir de R$ 5. O valor arrecadado, com descontos de taxa de cartão, será revertido em doações de cestas básicas, água potável, medicamentos e artigos de higiene pessoal.

Leia mais:
Mato Grosso quase triplica registro de queimadas no período proibitivo

A doação é feita igual um pedido comum de delivery. O interessado faz o seu cadastro no aplicativo e logo na página inicial há uma aba chamada “Responsabilidade Social”, como se fosse uma loja comum. Ao clicar, a pessoa é direcionada para a aba "Seja Solidário" e posteriormente ao setor de compra. O doador pode selecionar o número de “itens” que desejar. Quanto maior o número, maior a doação a ser feita.
 

O pagamento pode ser de duas formas: via aplicativo ou presencialmente por meio de uma pessoa que vai até a residência do interessado receber. Ambos os pagamentos são por cartão, no débido ou crédito. “Nossos motoqueiros estarão aptos a receber das pessoas. Estarão com a maquininha. [Como se fosse] nosso processo normal de trabalho”, explica Renato Miranda, gerente comercial do aplicativo, ao Olhar Conceito.

Inicialmente, a ação filantrópica visava ajudar os animais e a vegetação devastada pelo fogo, porém em conversas com pessoas ligadas ao que está acontecendo na região percebeu-se a necessidade de ajudar exclusivamente o povo pantaneiro. A ação conta com parceria da Associação de Defesa dos Direitos Sociais, Culturais, Ambientais, Científicos, Técnicos e Educacionais.

“Nós mudamos o foco em relação aos bichos porque [segundo] contatos do Pantanal, os animais e vegetação já possuem ajuda suficiente. Uma das demandas que o [fotógrafo] José Medeiros me trouxe é realmente a questão das comunidades, tem um pessoal isolado. Esse pessoal realmente está passando necessidade por conta das queimadas. Vivem da agricultura familiar”, explica.

O valor arrecadado será revertido em cestas básicas, medicamentos, itens de higiene pessoal e água potável. Apesar de ter itens definidos, há a possibilidade da demanda mudar conforme for necessário. Para baixar o aplicativo no Android, clique aqui, já para dispositivos com iOS o download pode ser feito aqui. Sugestões de doação, entrar em contato com (65) 99346-9386.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet