Olhar Conceito

Sábado, 24 de outubro de 2020

Notícias / Artes Cênicas

“O Levante em Cena” estreia espetáculo online sobre home office

Da Redação - José Lucas Salvani

10 Out 2020 - 08:35

Foto: Reprodução

“O Levante em Cena” estreia espetáculo online sobre home office
“O Levante em Cena Festival Digital” estreia neste sábado o espetáculo online “Banheiros: Home Office”, às 20h. A encenação será exibida no YouTube também neste domingo (11) e nos próximos dias 17 e 18 de outubro.

Leia mais:
Presidente da Academia Brasileira de Belas Artes lamenta morte de Sebastião Mendes: “ele era magnífico”

“Sempre quis escrever uma peça que tivesse como tema o trabalho. Fizemos dela uma primeira leitura dramatizada, que é quando a gente junta um grupo de atores para ler o texto sem cenário e figurino, em um evento de dramaturgia dentro do festival Satyrianas, em São Paulo, em 2018. Desde então, o texto ficou guardado”, conta a dramaturga Talita Figueiredo, que assina o texto de ‘Banheiros: Home Office’, resultado de um intercâmbio entre Solta Cia de Teatro e Cia Thereza Helena.

Escrita para o formato tradicional dos palcos, o espetáculo foi adaptado para o digital a partir da proposta do festival "O Levante em Cena". Finalmente montado, online e à distância, ganhou o subtítulo ‘home office’ em um momento em que o termo se torna comum ao cotidiano pandêmico.

Dessa forma, o espetáculo remete não somente às relações de trabalho tradicionais, mas também ao fazer teatral na pandemia. Questão que vem norteando toda a programação d’O Levante em Cena que, pela primeira vez, se adapta ao formato digital, como muitas iniciativas coletivas. Tal discussão permeia, inclusive, o próprio enredo da peça.

No enredo da peça, um dilema: os banheiros do escritório estão ficando muito sujos. E no momento em que alguém propõe dividi-los entre funcionários de baixo e alto escalão, elementos do “teatro do absurdo” se misturam a elementos autobiográficos, atualizando questões históricas a contemporaneidade.

Em ‘Banheiros’, a personagem de Thereza Helena, uma faxineira, se tornou assistente virtual. Na encenação online, inserções de vinhetas e vídeos pré-gravados complementam as cenas ao vivo. Adaptações do diretor Everton Britto junto à equipe, que aperfeiçoou a narrativa para o formato durante ensaios à distância.  Na experiência, Thereza observa uma espécie de gamificação.

A partir dessas experimentações, que incluem novas ferramentas e novos papéis, as companhias se propuseram a desenvolver suas tecnologias domésticas, que ainda não estavam prontas para serem usadas no teatro.

“A câmera do notebook, por exemplo, é muito inferior à do celular. Então estamos procurando programas para usar o celular como webcam e aumentar a qualidade da imagem. Também fomos buscando a melhor posição da casa para que a internet oscile menos e o tipo de fone melhora a live cênica sem limitar o movimento”, exemplifica.

Questões que, anteriormente pensadas ou não, se tornaram cruciais para entregar ao público um produto de qualidade. “Fico pensando se Brecht estivesse vivo hoje, com certeza ele estaria fazendo experimentos. Porque embora a gente ache o teatro épico muito antigo, assim que o cinema começou ele já usava elementos de projeção”.

Serviço

Estreia Levante – Espetáculo ‘Banheiros: Home Office’
Quando: 10 e 11, 17 e 18 de outubro (sábado e domingo), às 20h (horário de MT)
Onde: O Levante em Cena - Festival Digital
Transmissão via YouTube

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet