Olhar Conceito

Quinta-feira, 03 de dezembro de 2020

Notícias / Arquitetura, décor e design

Minimercados dentro de condomínios: praticidade e segurança em meio à pandemia

Da assessoria

14 Out 2020 - 16:30

Foto: Reprodução

Minimercados dentro de condomínios: praticidade e segurança em meio à pandemia
O cotidiano do consumidor mudou e algumas companhias fizeram um novo modelo de negócio, os minimercados em condomínios de apartamentos em São Paulo. Saiba mais


Sem dúvidas, uma nova realidade foi estabelecida na vida de todo mundo devido à pandemia mundial. O comportamento do consumidor de um supermercado, que faz compras para sua casa ou apartamento em SP, mudou, assim, as empresas precisam se adaptar ao novo cenário.

Diante dessas mudanças, algumas companhias conseguiram se reinventar, e encontraram oportunidades de negócio durante a quarentena, como é o caso dos minimercados em condomínios.

Conheça essa forma prática e segura de realizar compras para quem mora em apartamentos em São Paulo SP e em condomínios de outras cidades.


Como funcionam os minimercados?

O sistema dos minimercados do condomínio de um apartamento à venda em São Paulo é inteiramente baseado no autoatendimento e experiência digital, para ser mais específico, no honest market — no português, mercado honesto, fundamentado em uma relação de confiança com o cliente, que escolhe e paga pelos seus produtos.

Com esse modelo de negócio, o mercado pode funcionar 24 horas, sem a necessidade de funcionários para auxiliar e monitorar as transações em um caixa.

Em relação aos itens selecionados para o minimercado em um condomínio de apartamento studio, por exemplo, os produtos passam por uma curadoria de qualidade, validade e histórico do fornecedor.

A tecnologia utilizada nesse modelo de mercado garante uma quantidade ideal de mercadorias, abastecimento, limpeza e manutenção dos aparelhos.
 
Importância dos minimercados durante a pandemia

O distanciamento social é uma das principais táticas no combate ao coronavírus, nele, as pessoas que têm a possibilidade ficam em casa e só saem em casos de necessidade, como é o caso de algumas compras urgentes em supermercados.

Essa ação, reduz o risco de contágio com o vírus, levando segurança para muitas pessoas. Os minimercados dentro de condomínios de apartamentos em São Paulo SP fazem com que o isolamento seja mais fácil de cumprir, considerando que os moradores não precisam entrar em contato com muitas pessoas para realizar simples compras.

Apesar desse modelo ter sido adotado para que as pessoas possam lidar com o “novo normal”, sem dúvidas, o futuro dos minimercados é promissor dentro dos condomínios.
 
Benefícios dos minimercados para apartamentos em SP

Além das vantagens para os moradores citadas anteriormente, os minimercados em condomínios de apartamentos no Centro de São Paulo SP oferecem os seguintes benefícios:
Não tem custo de aquisição e franquia para o condomínio;
Funciona 24h;
As lojas possuem design moderno e funcional;
Variedade de produtos;

Os consumidores podem trocar os produtos.Sem dúvidas, esse tipo de negócio de minimercados é promissor e pode continuar facilitando a vida dos moradores, mesmo após a pandemia.

Redes Sociais

Sitevip Internet