Olhar Conceito

Sexta-feira, 07 de maio de 2021

Notícias / Gastronomia

VICKY TRUFAS

Com incertezas pela pandemia, professora de inglês inicia venda de trufas e cria cestas para o Natal

Da Redação - José Lucas Salvani

19 Dez 2020 - 14:10

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Com incertezas pela pandemia, professora de inglês inicia venda de trufas e cria cestas para o Natal
Devido às incertezas financeiras criadas pela pandemia do novo coronavírus, a professora de inglês Victória Lellis, de 21 anos, resolveu investir na venda de trufas com diversos sabores diferentes. O negócio criado apenas para trazer uma maior segurança financeira começou a crescer e para este Natal ela está confeccionando cestas com trufas, biscoito, vinho ou cerveja.

Leia mais:
Ex-jogador do Cuiabá Arsenal usa receita tradicional da família para vender biscoitos de Natal

Inicialmente, Victoria fez as trufas para consumo próprio e, ao ver um bom retorno de amigos, resolveu transformar em negócio. Parte da motivação por trás do investimento se deu pela pandemia do novo coronavírus. Ela sentiu uma incerteza de como seria o futuro, então optou por passar a vender as trufas para desta forma estar melhor preparada caso a situação piorasse.

Não somente com a incerteza financeira, a pandemia do coronavírus também a atingiu da pior forma. Ela contraiu o novo coronavírus no início de novembro e teve 5% de seu pulmão comprometido. Os sintomas sofridos foram os mais comuns, com exceção de febre, e ela ainda sente algumas sequelas, principalmente desgaste ao fazer exercícios físicos ou dançar.

“Como são épocas que a gente costuma vender mais - Natal, Páscoa e Dia dos Namorados, eu já tinha pensado em ter esses produtos diferenciados [as cestas], nestas três épocas do ano, por questão de procura”, detalha ao Olhar Conceito. As encomendas de cestas podem ser feitas até o dia 23 de dezembro, para pedidos referentes ao Natal. Já para o Ano Novo, pedidos até o dia 29.

Victoria trabalha com oito tipos de trufas: uva, morango e cereja - essas três, com a própria fruta, e ganache de morango, limão, coco, tradicional de chocolate e chocolate branco. As trufas são vendidas por caixas e podem ser adquiridas aqui - assim como as cestas.

A cesta é feita em parceria com o ex-jogador do Cuiabá Arsenal, Henrique Pinheiro Pereira, de 31 anos. Assim como com Victória, a pandemia teve papel importante para a criação de seu negócio. Mesmo desempregado, a família de Henrique não passou por dificuldades devido a um planejamento financeiro, mas buscando ter uma maior segurança, optou por investir nos biscoitos. Henrique já planejava trabalhar de forma autônoma, como publicitário freelancer, mas não esperava usar o dinheiro guardado com algo totalmente fora de sua área de formação.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet