Olhar Conceito

Quinta-feira, 04 de março de 2021

Notícias / Comportamento

Professor e alunos da Unemat traduzem Declaração Universal dos Direitos Humanos para língua Xavante

Da Redação - José Lucas Salvani

07 Jan 2021 - 16:30

Foto: Reprodução

Professor e alunos da Unemat traduzem Declaração Universal dos Direitos Humanos para língua Xavante
O professor Wellington Pedrosa Quintino e os acadêmicos Tiago Tserewatawe Tsitedzé e Vinícius Sidiwê Supretaprã Xavante, da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat)  traduziram a Declaração Universal dos Direitos Humanos para a língua Xavante. Pela Editora Unemat, o documento está disponibilizado no formato de e-book, com download gratuito.

Leia mais:
Primeira biblioteca indígena reúne acervo de etnia mato-grossense e traz redário literário

A tradução da Declaração é resultado do projeto “Tradução/versão documental em Xavante: Declaração Universal dos Direitos Humanos”, coordenado pelo professor e alunos. O projeto também visa produzir reflexões sobre os direitos humanos que também são fundamentais para os indígenas que fazem parte, principalmente, do contexto educacional do Estado de Mato Grosso, bem como, também subsidiar encaminhamentos dentro das aldeias no que se refere à educação intercultural, diferenciada e específica.

A edição em xavante é uma das ações previstas pela Política de Línguas da Faculdade Intercultural, que consiste na versão para as línguas indígenas de textos legais que abordam direitos humanos, linguísticos, justiça e educação da humanidade, incluindo os direitos dos povos indígenas e assenta-se em três eixos: a consciência fonológica, a tradução de textos oficiais e a cooficialização das línguas indígenas faladas nos diferentes municípios de Mato Grosso.

A versão em xavante da Declaração pode ser acessada aqui.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet