Olhar Conceito

Notícias / Cinema

Para escritores de qualquer região

Curta-metragem realiza concurso cultural de minicontos com prêmio de R$ 1000 e adaptação audiovisual

Da Redação - Michael Esquer

14 Mar 2021 - 10:31

Foto: Divulgação

Curta-metragem realiza concurso cultural de minicontos com prêmio de R$ 1000 e adaptação audiovisual
Para celebrar a estreia do curta sul-mato-grossense Cadê Você, Jhonie?, a equipe do filme promove, neste mês, um concurso cultural de contos, com a temática “Cadê Você…?”. Os escritores de qualquer região do país que estiverem interessados em participar poderão soltar a imaginação e escrever uma história autoral e inédita. As inscrições são gratuitas e vão até o dia 22 de março. O prêmio reservado ao vencedor é uma quantia de R$1000 e a adaptação de sua história para um curta-metragem. 

Leia também:
"Um Príncipe em Nova York 2", série coreana e mais: programas para fazer em casa neste final de semana

De acordo com Carlos Diehl, uma das cabeças por trás da idealização da obra audiovisual, o objetivo da iniciativa é fomentar a criatividade. "A ideia é movimentar as produções literárias locais, estimulando a criatividade e apoiando os escritores ou aspirantes a escritores", pontua. 

O regulamento, assim como o formulário de inscrição, pode ser encontrado até o dia 25 de março através do site: www.cadevocejhonie.com . O tema é “CADÊ VOCÊ…?” e cada autor poderá enviar somente 1 miniconto, que deverá ser inédito, original e autoral no meio impresso.

Os trabalhos inscritos no concurso deverão ser inéditos, originais e autorais. Os inscritos atestarão no formulário a autoria e a originalidade das obras. Qualquer situação de plágio remeterá à desclassificação.

Sobre o filme 

Cadê Você, Jhonie? conta a história da busca de Inácio por seu amigo Jhonie, que após a morte de seus pais, decidiu pegar a estrada em uma viagem de autoconhecimento em seu Opala Vermelho, pelo interior de Mato Grosso do Sul. No caminho, no entanto, surpresas e situações surreais passam a acontecer. Por se tratar de um road movie, o filme se passa pelas estradas, com muitas descobertas e paisagens incríveis ao longo da jornada. O diferencial é que essa trama é cheia de mistérios e pitadas de terror, ideal para quem quer se surpreender e sair do óbvio. 

A trama do curta foi inspirada em uma lenda, da década de 1970, da região dos garimpos do município de Aquidauana, que fica em Mato Grosso do Sul. Segundo ela, havia um hotel onde os hóspedes desapareciam e tinham seus diamantes roubados. Seus corpos nunca eram encontrados e, seu destino, dizem, era literalmente virar churrasco. Com essa história de terror na cabeça, Carlos Diehl e Wilyam Stevan Nicolay escreveram um roteiro dividido em capítulos, como em um conto romântico de terror. A narrativa com tom contemporâneo é desconstruída aos poucos em uma clara referência a grandes diretores de Hollywood como Alejandro Iñarritu, Win Wenders e Quentin Tarantino. 

A direção do jovem Wilyam Stevan Nicolay garante à produção um ritmo dinâmico que cativa o espectador, alternando entre a tensão da busca por Inácio e as belezas das paisagens das estradas do entorno de Campo Grande, na região de Rochedinho. Destaque também para o trabalho do elenco, em especial, para Tai Petelin, que dá vida à visceral Carol, um dos personagens mais complexos do filme. 

Quem assistir a Cadê Você, Jhonie? vai certamente se lembrar dos filmes de terror dos anos 1970 e 1980, especialmente O Massacre da Serra Elétrica, de Tobe Hoper, e Evil Dead, de Sam Raimi. "Cadê Você, Jhonie? é um filme para todos os públicos, em especial para quem ama narrativas de horror e busca novas emoções nesse gênero já tão consagrado pela indústria cinematográfica", pontua Wilyam.

(Com assessoria)

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet